O tratamento da diversidade e variação linguísticas em livros didáticos de Português

  • Cláudia Goulart Morais ESEBA/UFU
Palavras-chave: Linguagem e prática social, Variação e diversidade linguísticas, Livros Didáticos de Língua Portuguesa, Relação entre oralidade e escrita, Ensino de língua portuguesa

Resumo

Neste trabalho, analiso como a diversidade e a variação linguísticas são tratadas nos Livros Didáticos de Português (LDP) nos anos finais do ensino fundamental, na tentativa de problematizar como as atividades propostas nesses materiais didáticos tematizam conceitos sociolinguísticos importantes, tais como o conceito de norma e as relações entre fala e escrita e oralidade e letramento. As análises dos dados validaram a nossa hipótese de que nos LDP, que circulam atualmente nas escolas brasileiras, ainda predomina a submissão das marcas da diversidade e da variação linguísticas aos processos de normatização da língua, mesmo onde se propõe apresentar e discutir a variação linguística. As análises validaram, também, o nosso entendimento de que tais atividades dos LDP fazem parte do processo de valorização da norma padrão como a única variedade legítima e a modalidade escrita formal como aquela gramaticalmente organizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-29
Como Citar
MORAIS, C. G. O tratamento da diversidade e variação linguísticas em livros didáticos de Português. Letras & Letras, v. 31, n. 2, p. 188-210, 29 dez. 2015.