Gêneros textuais em pesquisa com professores de Língua Portuguesa: contribuições e desafios da parceria entre universidade e escola

  • Tânia Guedes Magalhães UFJF

Resumo

Este trabalho traz reflexões sobre um percurso de pesquisas desenvolvido no âmbito do Grupo de pesquisa FALE - Formação de professores, Alfabetização, Linguagem e Ensino (UFJF). Iniciamos em 2007, a partir de demandas de professores de ensino básico, uma pesquisa para a elaboração de documento de orientação curricular e materiais didáticos para o trabalho com a língua portuguesa no ensino fundamental. Em seguida, realizamos pesquisa exploratória para investigar o uso do documento e, mais tarde, uma pesquisa-ação para modelização de gêneros textuais e sua transposição em aulas de Língua Portuguesa. Para tanto, utilizamos como embasamento teórico o interacionismo sociodiscursivo (BONCKART, 1999; 2010; DOLZ e SCHNEUWLY, 2004; MACHADO, 2005; MACHADO E CRISTÓVÃO, 2006) e as teorias de letramentos (STREET 1984, 1995, 2010, 2014; KLEIMAN, 1995, 2001a, 2007; SOARES, 1998), buscando algumas aproximações. Os resultados obtidos ao longo desses anos de trabalho têm trazido elementos novos para as reflexões acerca dos processos de construção de conhecimento pelos professores sobre gêneros textuais e sua transposição didática. Além disso, têm revelado as contribuições e os desafios da pesquisa para a formação de professores e a possibilidade uma relação mais próxima entre universidade e escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-06-29
Como Citar
MAGALHÃES, T. G. Gêneros textuais em pesquisa com professores de Língua Portuguesa: contribuições e desafios da parceria entre universidade e escola. Letras & Letras, v. 31, n. 3, p. 100-119, 29 jun. 2015.