ANÁLISE DOS ACIDENTES COM MATERIAL BIOLÓGICO OCORRIDOS NO MUNICÍPIO DE UBERABA/MG

  • Gisele Bento Sgotti Mestranda, Programa de Pós-graduação Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador, UFU
  • Samuel do Carmo Lima Prof. Dr., Programa de Pós-graduação Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador, UFU
Palavras-chave: Acidentes ocupacionais, Riscos biológicos, Equipe de enfermagem

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi compreender os acidentes de trabalho com material biológico ocorridos no município de Uberaba/MG, notificados no setor de Vigilância Epidemiológica, no período de 2013 a 2017. Trata-se de um estudo retrospectivo descritivo, com abordagem quantitativa. As informações foram obtidas nas fichas de notificação do SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação). Os resultados apresentaram 1.160 registros de acidentes de trabalho com materiais biológicos. Observa-se um crescimento expressivo de casos nos anos de 2016 e 2017, com 305 e 415 casos, respectivamente. Em 68,8% das fichas analisadas, foi aberta a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT); 45,5% dos trabalhadores eram registrados com carteira assinada, e apenas 3,4% das empresas eram terceirizadas; 32,8% dos sujeitos envolvidos tinham ensino médio completo; 40,8% eram técnicos de enfermagem, 78% do sexo feminino e 42% dos envolvidos estavam na faixa etária de 25 a 34 anos. Os acidentes percutâneos tiveram o maior índice de ocorrência, somando 74,6% dos casos; já 58% tiveram como agente agulha com lúmen; 52,4% das fichas indicaram procedimentos com perfurocortantes como circunstâncias do acidente; o sangue foi o material orgânico encontrado em 79,1% dos registros; em 75,8% dos casos, o profissional fazia uso de luvas e, em 42% de avental. Entende-se que tal problematização engloba questões complexas e sua resolutividade esta pautada na interação entre legisladores, empregadores e trabalhadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-27
Como Citar
SGOTTI, G. B.; DO CARMO LIMA, S. ANÁLISE DOS ACIDENTES COM MATERIAL BIOLÓGICO OCORRIDOS NO MUNICÍPIO DE UBERABA/MG. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 15, n. 34, p. 23 - 34, 27 dez. 2019.
Seção
Artigos