A TERRITORIALIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DO SUS: AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS PRÁTICOS IMPLEMENTADOS NUMA CIDADE DA REGIÃO SUL DO BRASIL

  • Rivaldo Mauro Faria Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Territorialização. Atenção Primária à Saúde. Sistema

Resumo

A territorialização é uma diretriz para a organização dos serviços da atenção primária à saúde (APS) do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Podemos defini-la como um processo social e político de convergência do modelo assistencial hospitalocêntrico para um sistema de atenção organizado em redes de atenção coordenadas territorialmente pela APS. A territorialização define o próprio desenho das redes e os nós de convergência de todos os fluxos. Poucos estudos, todavia, realizaram uma avaliação prática desse processo. O objetivo deste trabalho é avaliar a territorialização realizada numa cidade média da Região Sul do Brasil. Operacionalmente propõe-se desenhar a porta de entrada do SUS e entender como ela foi modelada em relação aos modelos de atenção e as condições sociais do território. A metodologia é baseada no levantamento de dados em fontes secundárias oficiais e inquérito nas Unidades Básicas de Saúde; modelagem dos dados em Sistema de Informação Geográfica e análise com recurso da estatística espacial. Os resultados mostraram uma atenção primária fragmentada em modelos de atenção que se sobrepõe e não convivem, há vazios assistenciais nas áreas mais carenciadas e a porta de entrada foi anarquicamente desenhada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rivaldo Mauro Faria, Universidade Federal de Santa Maria
Rivaldo Mauro de Faria possui Licenciatura em Geografia (FFCL-OF, 1998); Especialização em Estudos Ambientais (PUC-MINAS, 2005); Mestrado em Geografia (IG/Unicamp, 2008); Doutorado em Geografia (IG/Unicamp, 2012) e Pós-Doutorado em Geografia (Universidade de Coimbra,PT, 2013). Atualmente é Professor Adjunto do Departamento de Geociências da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), graduação e pós-graduação, e Coordenador do Núcleo de Pesquisa em Geografia da Saúde (NePeGS). Suas pesquisas pesquisas são feitas nas áreas da análise espacial e planejamento urbano e regional
Publicado
2018-10-09
Como Citar
FARIA, R. M. A TERRITORIALIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DO SUS: AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS PRÁTICOS IMPLEMENTADOS NUMA CIDADE DA REGIÃO SUL DO BRASIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 14, n. 29, p. 89 - 104, 9 out. 2018.
Seção
Artigos