CARTOGRAFIA DA LEISHMANIOSE TEGUMENTAR AMERICANA (LTA) EM MARINGÁ - PARANÁ: 2010 a 2016

  • Antonio de Oliveira Programa de Pós-Graduação em Geografia - Universidade Estadual de Campinas
  • Fernando Luiz de Paula Santil Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Geografia
  • Udelysses Janete Veltrini Fonzar Doutora em Doenças Tropicais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Palavras-chave: Situação da Saúde. Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA). Cartografia temática. Cidade de Maringá.

Resumo

O presente estudo objetiva analisar os casos de Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) na cidade de Maringá-PR no período de 2010 a 2016, a partir da análise geográfica dos casos. A coleta de dados foi obtida através das notificações compulsórias dos casos positivos do Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN) que possibilita a análise inicial via perfil epidemiológico dos casos e a geração de produtos cartográficos para a análise dos casos via mapa de casos no período, mapa de concentração de casos e mapa-síntese. A geração dos produtos cartográficos partiu das proposições da Semiologia Gráfica e da Modelização Gráfica linhas essas utilizadas para que o mapa-síntese tenha múltiplas informações sobre a LTA. A análise desses dados permitiu conhecer a dinâmica dos casos no período evidenciando que os casosestão dispostos na maioria em homens, com idade entre 20 e 64 anos, com mais de 50% dos casos não autóctones a cidade e com local de provável infecção fora do município de Maringá, além de que, os casos em sua maioria não estão atrelados às áreas verdes urbanas e aos locais em que há disposição inadequada de resíduos sólidos próximos as residências dos acometidos, fatores esses que poderiam ser determinantes no caso da cidade de Maringá pelas várias áreas verdes urbanas, como de locais de disposição inadequada de resíduos sólidos urbanos próximos a essas áreas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio de Oliveira, Programa de Pós-Graduação em Geografia - Universidade Estadual de Campinas

Doutorando em Geografia Universidade estadual de Campinas

Programa de Pós-Graduação em Geografia

Mestre em Geografia Universidade estadual de Maringá 

Programa de Pós-Graduação em Geografia

Publicado
2018-10-09
Como Citar
DE OLIVEIRA, A.; SANTIL, F. L. DE P.; FONZAR, U. J. V. CARTOGRAFIA DA LEISHMANIOSE TEGUMENTAR AMERICANA (LTA) EM MARINGÁ - PARANÁ: 2010 a 2016. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 14, n. 29, p. 65 - 79, 9 out. 2018.
Seção
Artigos