ASSOCIAÇÕES ENTRE A ZONA DE CONVERGÊNCIA DO ATLÂNTICO SUL E O EL NIÑO E SUA INFLUÊNCIA SOBRE A DISTRIBUIÇÃO ESPAÇOTEMPORAL DA LEPTOSPIROSE EM MINAS GERAIS

  • Flávia Regina Lacerda Suassuna Dutra UFMG/Geografia Física
  • Mário Francisco Leal de Quadro
  • Gabriela Viviana Müller
  • Roberto Célio Valadão
Palavras-chave: Zona de Convergência do Atlântico Sul. El Niño

Resumo

O trabalho discute as associações entre a Zona de Convergência do Atlântico Sul e o El Niño - Oscilação Sul - e sua influência no aumento de casos de leptospirose em Minas Gerais (1998-2012). Foram calculados: a frequência mensal desses fenômenos em Dez-Jan-Fev; o coeficiente de correlação de Pearson entre as séries temporais das anomalias mensais da Temperatura da Superfície do Mar nas regiões do Niño 3-4 e Atlântico Tropical Sul; e as anomalias de precipitação no estado de Minas Gerais. Os resultados da análise de frequência revelaram: i) total de 77 episódios, com as maiores frequências ocorrendo em dez e jan (30 episódios/mês) e 17 episódios em fev; ii) os eventos com alta frequência apresentaram 7 episódios nos verões de 2006/2007, 2007/2008, 2010/2011 e 2011/2012; iii) a frequência média variou de 5-6 episódios: 2002/2003 (5), 2003/2004 (5), 2005/2006 (6), 2008/2009 (6), 2009/2010 (5). A análise das séries temporais das anomalias de Temperatura da Superfície do Mar na região do Pacífico Tropical e a Zona de Convergência do Atlântico Sul evidenciou correlação significativa com "lag" de 1 a 2 meses entre as séries e, com relação ao Atlântico, foi observado correlação negativa, ou seja, águas anomalamente frias associadas ao aumento da precipitação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Regina Lacerda Suassuna Dutra, UFMG/Geografia Física
Doutora em Geografia Física na área de Análise Ambiental pelo Instituto de Geociências da UFMG
Publicado
2018-03-02
Como Citar
SUASSUNA DUTRA, F. R. L.; LEAL DE QUADRO, M. F.; MÜLLER, G. V.; VALADÃO, R. C. ASSOCIAÇÕES ENTRE A ZONA DE CONVERGÊNCIA DO ATLÂNTICO SUL E O EL NIÑO E SUA INFLUÊNCIA SOBRE A DISTRIBUIÇÃO ESPAÇOTEMPORAL DA LEPTOSPIROSE EM MINAS GERAIS. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 14, n. 27, p. 1 - 13, 2 mar. 2018.
Seção
Artigos