FATORES SOCIOSSANITÁRIOS E PARASITOSES INTESTINAIS EM LIMOEIRO DO NORTE, CE

  • Carlos Vangerre de Almeida Maia
  • Izabella Cabral Hassum
  • Gustavo Souza Valladares
Palavras-chave: Injustiça Ambiental, Saneamento Básico, Ficha A

Resumo

O Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) é um sistema de informação cujos dados são coletados nos domicílios pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACSs), através de instrumentais - como a Ficha A, que verifica condições de moradia, acesso aos Serviços de Saneamento Básico (SSBs) e monitora a situação de saúde em áreas geográficas definidas. A precariedade sanitária confirma a iniqüidade socioambiental, que afeta a qualidade de vida e fere a dignidade humana. Foram analisado os resultados dos exames parasitológico de fezes, oriundos do Laboratório do Hospital Regional Dr. Deoclécio Lima Verde (LHRDLV), referente a 2011, correlacionando-os com informações disponíveis nos Consolidados das Fichas A das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) municipais, utilizando os testes estatísticos qui-quadrado (X²) e correlação de Pearson, ambos com 95% de confiança (p < 0,05). A prevalência foi de 19,7%, com predomínio de protozoários e monoparasitismo. Houve significância estatística quanto à distribuição da infecção entre faixas etárias. A Zona Rural apresenta piores condições sanitárias, maior número de indivíduos hipossuficientes e acometimentos. Houve significância estatística entre a coleta de resíduos e a prevalência. O uso do SIAB é interessante em estudos que envolvam cenários epidemiológicos e fatores socioambientais, possibilitando identificar territórios vulneráveis e populações de risco. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-17
Como Citar
DE ALMEIDA MAIA, C. V.; HASSUM, I. C.; VALLADARES, G. S. FATORES SOCIOSSANITÁRIOS E PARASITOSES INTESTINAIS EM LIMOEIRO DO NORTE, CE. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 10, n. 19, p. 50 - 64, 17 dez. 2014.
Seção
Artigos