͍NDICES DE INFESTAÇÃO E OS CASOS DE DENGUE NO BAIRRO CAVALHADA I EM CÁCERES/MT - BRASIL

  • Rosilainy Surubi Fernandes Instituto Oswaldo Cruz/ FIOCRUZ
  • Cláudio Kléber Juiz de Souza Universidade do Estado de Mato Grosso, Cáceres/MT
  • Sandra Mara Alves da Silva Neves Universidade do Estado de Mato Grosso
  • José Henrique Domingues Motta Universidade do Estado de Mato Grosso
Palavras-chave: Aedes aegypti, Geotecnologias, epidemiologia

Resumo

Objetivou-se avaliar a relação entre a infestação predial e os casos de dengue no bairro Cavalhada I em Cáceres/MT. Foi realizado levantamento dos casos de dengue notificados, infestação predial e fatores de infestação na Vigilância Epidemiológica e Ambiental do município de 2007 a 2009. Os casos notificados de dengue durante o período localizaram-se nas quadras com infestação predial e no entorno das mesmas; os casos de dengue correlacionaram com o índice de infestação predial e com os recipientes denominados de B, C, D1, D2, e E (r= 0,69% a 0,84%, p=<0,001). Os índices de infestação apontaram relação entre quadras nos diferentes ciclos que apresentaram casos de dengue e a presença do vetor. Os principais depósitos encontrados no bairro foram D2, B e A2.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosilainy Surubi Fernandes, Instituto Oswaldo Cruz/ FIOCRUZ
Licenciada em Ciências Biológicas, Mestre pelo Programa de Pós- Graduação em Ciências Ambientais e doutoranda em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz.
Cláudio Kléber Juiz de Souza, Universidade do Estado de Mato Grosso, Cáceres/MT
Graduado em enfermagem pela Universidade do Estado de Mato Grosso, Cáceres/MT.
Sandra Mara Alves da Silva Neves, Universidade do Estado de Mato Grosso
Possui Graduação em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e Doutorado em Ciências (Geografia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professora da Universidade do Estado de Mato Grosso.
José Henrique Domingues Motta, Universidade do Estado de Mato Grosso
Graduado em Enfermagem

Referências

AUGUSTO, L.G.S. Teoria e prática na ação do sanitarista: a questão da saúde e do ambiente. Cadernos de Saúde Coletiva, v.13, p. 9-26, 2005.

AZIZ, A. T.; DIENG, H.; AHMAD, A. H.; MAHYOUB, J. A.; TURKISTANI, A. M.; MESED, H.; SALAH, K.; SATHO, T.; CHE SALMAH, M. R.; AHMAD, H.; ZUHARAH, W. F.; RAMLI, A. S.; MIAKE, F. Household survey of container-breeding mosquitoes and climatic factors influencing the prevalence of Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) in Makkah City, Saudi Arabia. Asian Pacific Journal of Tropical Biomedicine, p.849-857, 2012.

BARCELLOS, C.; BASTOS, F. I. Geoprocessamento, ambiente e saúde, uma união possível? Cadernos de Saúde Pública, v. 12, n.3, p. 389-397,1996.

BRASIL. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Programa Nacional de Controle da Dengue

CAMERO,Y. C.; MENDOSA, J. L.; GARCÍA, J. M.; SAUTIE, M. I. C.; RODRÍGUEZ, G. B. Depósitos observados con larvas de Aedes aegypti durante el uso operacional del biolarvicida Bactivec. Revista Cubana de Medicina Tropical, v. 65, n.1, p. 90-98, 2013.

CONSOLI, R.A.G.B; LOUREN

CORR

COX, J.; GRILLET, M. E., RAMOS, O. M., AMADOR, M.; BARRERA, R. Habitat segregation of dengue vectors along an urban environmental gradient. The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene, 2007, v. 76, n. 5, p. 820-826.

FERNANDES, R. S.; NEVES, S. M. A. S.; SOUZA, C. K. J.; GALVANIN, E. A. S.; NEVES, R. J. Clima e casos de dengue em Tangará da Serra/MT. Hygeia, v. 8, n.15, p. 78 - 88, 2012.

FORATTINI, Oswaldo; BRITO, Marylene. Reservatórios domiciliares de água e controle do Aedes aegypti. Revista de Saúde Pública, v.37, n.5, p. 676- 677, 2003.

GOMES, A. Medidas dos níveis de infestação urbana para Aedes (stegomyia) aegypti e Aedes (Stegomyia) albopictus em programa de Vigilância entomológica. Informe Epidemiológico do SUS, v.7, n. 3, p. 57-49, 1998.

GON

GUBLER, D. J. Dengue and Dengue Hemorrhagic Fever. Clinical Microbiology Reviews, v. 11, n.3, p. 480

HAMMOND, S. N.; GORDON, A.L.; LUGO, E.C.; MORENO, G.; KUAN, G, M.; L

LENHART, A. E.; CASTILLO, C. E.; OVIEDO, M.; Villegas, E. Use of the pupal/demographic-survey technique to identify the epidemiologically important types of containers producing Aedes aegypti (L.) in a dengue-endemic area of Venezuela. Annals of Tropical Medicine and Parasitology, v.100, p.53-S59, 2006.

LOZOVEI, A.L. Culicídeos (mosquitos). In C.B. Marcondes (org.), Entomologia médica e veterinária. 1ª ed. São Paulo, Atheneu, 432p. 2001.

MACHADO, J. P.; OLIVEIRA, R. M.; SOUZA-SANTOS, R. Análise espacial da ocorrência de dengue e condições de vida na cidade de Nova Iguaçu, Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v.25, n.5, p. 1025-1034, 2009,

MONTEIRO, E. S. C.; COELHO, M. E.; CUNHA, I. S.; CAVALCANTE, M. A. S.; CARVALHO, F. A. A. Aspectos epidemiológicos e vetoriais da dengue na cidade de Teresina, Piauí - Brasil, 2002 a 2006. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 18, n. 4, 2009.

OLIVEIRA, E. S. Estudo de recipientes com água identificados com Aedes aegypti no município de Assis Chateaubriand

ORGANIZA

http://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=3159&Itemid=1> Acesso em: 08 de junho de 2014.

RAJESH, K.; DHANASEKARAN, D.; TYAGI, B. K. Survey of container breeding mosquito larvae (Dengue vector) in Tiruchirappalli district, Tamil Nadu, India. Journal of Entomology and Zoology Studies, v.1, n. 6, p. 88-91, 2013.

REB

RIBEIRO, A. F.; MARQUES, G. R. A. M.; VOLTOLINI, J. C.; CONDINO, M. L. F. Associação entre incidência de dengue e variáveis climáticas. Revista de Saúde Pública, v. 40, n.4, p. 671- 6, 2006.

ROMERO-VIVAS, C. M.; ARANGO-PADILLA, P.; FALCONAR, A. K. Pupal-productivity surveys to identify the key container habitats of Aedes aegypti (L.) in Barranquilla, the principal seaport of Colombia. Annals of Tropical Medicine and Parasitology, v.100, p.87-S95, 2006.

SILVA, V. SchererII, P. O.; Falcão, S. S.; Alencar, J.; Cunha, S. P.; Rodrigues, I. M.; Pinheiro, N. L. Diversidade de criadouros e tipos de imóveis frequentados por Aedes albopictus e Aedes aegypti. Revista de Saúde Pública, v.40, n.6, p. 11-1106, 2006.

WHO - WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue Guidelines for Diagnosis, Treatment, Prevention and Control, Geneva, 2009.

WHO - WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue and severe dengue. Disponível em http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs117/en/ Acesso em: 08 de junho de 2014.

Publicado
2015-07-27
Como Citar
FERNANDES, R. S.; SOUZA, C. K. J. DE; NEVES, S. M. A. DA S.; MOTTA, J. H. D. ͍NDICES DE INFESTAÇÃO E OS CASOS DE DENGUE NO BAIRRO CAVALHADA I EM CÁCERES/MT - BRASIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 11, n. 20, p. 20 - 31, 27 jul. 2015.
Seção
Artigos