ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS NO OESTE DO ESTADO DE SANTA CATARINA, BRASIL

  • Maria Assunta Busato Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
  • Vanessa da Silva Corralo Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
  • Sandra Mara Sabedot Bordin Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
  • Carin Guarda Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
  • Viviane Zulian Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
  • Junir Antonio Lutinski Universidade Federal de Santa Maria - RS
Palavras-chave: Animais peçonhentos. Epidemiologia. Acidentes.

Resumo

O estudo teve como finalidade identificar as características dos acidentes com animais peçonhentos em municípios da região oeste do Estado de Santa Catarina, Brasil. Os dados foram coletados no sistema de informações da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), referentes às ocorrências registradas no período de 2008 a 2012, dos 37 municípios que compõem a 4ª Regional de Saúde de Chapecó/SC. O maior número de acidentes notificados neste período foi causado por aranhas, totalizando 2605 casos. A faixa etária mais acometida foi entre 20 e 49 anos, representando mais de 40% dos casos notificados, seguida por crianças de 0 a 9 anos. Observou-se uma elevação importante (469,43%) do número de acidentes notificados no período do estudo, especialmente em 2012 comparado a 2011. Em relação à prevalência de acidentes, verificou-se que um dos municípios menos populosos da região foi o que teve a maior frequência de acidentes com animais peçonhentos. Ressalta-se com isso a necessidade de ações voltadas à prevenção desses agravos na região oeste de Santa Catarina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Assunta Busato, Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
Área de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Vanessa da Silva Corralo, Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
Área de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Sandra Mara Sabedot Bordin, Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
Docente do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó/Unochapecó.
Carin Guarda, Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
Discente do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó/Unochapecó.
Viviane Zulian, Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPEC
Discente do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó/Unochapecó.
Junir Antonio Lutinski, Universidade Federal de Santa Maria - RS
Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria - RS
Publicado
2014-07-23
Como Citar
BUSATO, M. A.; CORRALO, V. DA S.; BORDIN, S. M. S.; GUARDA, C.; ZULIAN, V.; LUTINSKI, J. A. ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS NO OESTE DO ESTADO DE SANTA CATARINA, BRASIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 10, n. 18, p. 129 - 139, 23 jul. 2014.
Seção
Artigos