ANÁLISE ESPACIAL DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO COM CICLISTAS UTILIZANDO O SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

  • Marcos Esdras Leite
  • Narciso Ferreira dos Santos Neto Professor Mestre Departamento de Administração
  • Sara Seand Ferreira Antunes Universidade Estadual de Montes Claros
Palavras-chave: TNM, bicicleta, acidentes, SIG, Montes Claros/MG

Resumo

A bicicleta, a qual faz parte do Transporte não Motorizado (TNM), vem tendo grande destaque nas cidades que procuram solucionar problemas com o elevado tráfego de veículos em suas vias, na diminuição de congestionamentos e da poluição. Mas, para obter melhor utilização desse transporte, tem que haver a construção de algumas estruturas (bicicletários, ciclofaixas, ciclovias, melhoramento das vias e campanhas educativas) para a locomoção dos ciclistas, principalmente nas que façam a diminuição de acidentes, pois estes vêm crescendo nos últimos anos na cidade de Montes Claros - MG. A maioria das ocorrências dos acidentes está localizada no centro da cidade e em avenidas de grande fluxo de veículos, encontradas nos bairros adjacentes e mais afastados da área central. Uma forma de controle dos acidentes pelos órgãos responsáveis pelo trânsito é a utilização de programas com geotecnologias, como o SIG - Sistema de Informações Geográficas - que, com um banco de dados das ocorrências, estas sendo disponibilizadas pelos Bombeiros, Polícia e SAMU, geram mapas que especializam esses acidentes, mostrando onde há maior densidade e levando os responsáveis a realizarem mudanças no trânsito para o bem-estar de sua população. A metodologia utilizada neste trabalho foi a de revisão bibliográfica, juntamente com mapas elaborados no programa ARCGIS 10 contendo os dados de ocorrências disponibilizados pelo Corpo de Bombeiros, pela Polícia Militar e pelo SAMU da cidade. Por fim, o objetivo deste trabalho foi mostrar como a utilização de geotecnologias pelos órgãos responsáveis direta/indiretamente pelo trânsito ajuda no monitoramento e na melhora do tráfego de veículos na cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Esdras Leite
Professor DOUTOR UNIMONTES

Referências

GOMES, R. de. J.; ZANDONADE, E.; MORAES NETO, G. C. de. Análise espacial dos acidentes de trânsito do município de Vitória utilizando sistema de informações geográficas. 2008. 114f. Dissertação (Pós- graduação em Engenharia Civil)

INTERFACE FOR CYCLING EXPERTISE. Cycling-inclusive policy development: a handbook. Interface for Cycling Expertise; Transport policy advisory services; Federal Ministry for Economic Cooperation e Development: Utrech, 2009.

JENSEN, S. U. et al. DENMARK. Ministry of Transport. Road Directore. Colletion of Cycle Concepts. Copenhagen, 2000.

LEITE, M. E. Geoprocessamento aplicado ao estudo do espaço urbano: o caso da cidade Montes Claros/MG. 2006. 118 f. Dissertação ( Mestrado em Programa de Pós-graduação em Geografia)

MINAS GERAIS. Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). Anuário de dados de acidentes de trânsito. Montes Claros, 2011.

MINAS GERAIS. Bombeiro Militar de Minas Gerais (BMMG). Registro de ocorrência de acidentes de trânsito. Montes Claros, 2011.

MIRANDA, D. M.; LOBO, F. J.; LACERDA, J. G; Proposta de projeto cicloviário para Montes Claros: melhorias e incentivos ao uso da bicicleta como meio de transporte. Associação de Transporte Ativo. Rio de Janeiro, 2007. Disponível em: <http://www.ta.org.br/site/banco/7manuais/arquivos3/plan_ciclo_moc.pdf>. Acesso em: 21 jul. 2012.

PEZZUTO, C.C. Fatores que influenciam o uso da bicicleta. 2002. 177 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana) - Universidade Federal de São Carlos: São Carlos, 2002.

ROSA, R. Introdução ao sensoriamento remoto. 6. ed. Uberlândia: EDUFU, 2005.

Publicado
2013-06-19
Como Citar
ESDRAS LEITE, M.; SANTOS NETO, N. F. DOS; ANTUNES, S. S. F. ANÁLISE ESPACIAL DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO COM CICLISTAS UTILIZANDO O SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 9, n. 16, p. 190 - 199, 19 jun. 2013.
Seção
Artigos