CONCENTRAÇÃO DE METAIS PESADOS EM SEDIMENTOS DE CÓRREGOS URBANOS COMO INDICADOR DA QUALIDADE AMBIENTAL E RISCOS A SAÚDE HUMANA

  • Rildo Aparecido Costa Universidade Federal de Uberlândia, Brazil
  • Vania Rosolen Universidade Federal de Uberlândia, Brazil
Palavras-chave: Qualidade Ambiental, Metais Pesados, Saúde Humana

Resumo

Os sedimentos dos rios podem estocar grande quantidade de substâncias tóxicas que agem como fontes secundárias de poluição quando liberadas para as águas. Várias atividades antrópicas como industrialização, urbanização e agricultura são responsáveis pelo lançamento de elementos tóxicos na água que podem afetar negativamente tanto a qualidade ambiental quanto à saúde da população. O presente artigo tem como principal objetivo avaliar a concentração de metais pesados (As, Cd, Pb, Cu, Cr, Ni e Zn) presente nos sedimentos coletados em vários córregos urbanos da cidade de Uberlândia (MG) e sua influência na qualidade ambiental dos corpos hídricos, além de apontar os riscos à saúde humana em função dos parâmetros de qualidade estabelecidos pelo CONAMA. Observou-se que nos pontos P3 e P4, ambos influenciados pelo distrito industrial, que os valores de Cu, Cr e Ni foram significativos, podendo ser considerados fatores patogênicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-12-21
Como Citar
COSTA, R. A.; ROSOLEN, V. CONCENTRAÇÃO DE METAIS PESADOS EM SEDIMENTOS DE CÓRREGOS URBANOS COMO INDICADOR DA QUALIDADE AMBIENTAL E RISCOS A SAÚDE HUMANA. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 8, n. 15, 21 dez. 2012.
Seção
Artigos