DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA DENGUE NO MUNICÍPIO DE ITUIUTABA/MG, 2009-2010

  • Leonardo Batista Pedroso Universidade Federal de Uberlândia
  • Gerusa Gonçalves Moura Professora Doutora do Curso de Graduação em Geografia da Faculdade de Ciências Integradas do Pontal da Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Ituiutaba/MG, Dengue, Saúde Ambiental, Distribuição Espacial

Resumo

A Dengue é um dos principais problemas de saúde pública do mundo. Estima-se que a doença atinja de 50 a 80 milhões de pessoas por ano, distribuídas em mais de 100 países do globo. O desenvolvimento de pesquisas e propostas que embasem o planejamento em saúde voltado ao controle de doenças como esta se faz essencial. Diante disto, o presente trabalho tem por objetivo avaliar a distribuição espacial da dengue no Município de Ituiutaba/MG, promovendo uma relação com aspectos socioambientais nas áreas com maior número de registros. Os procedimentos metodológicos desenvolvidos neste trabalho estão associados à pesquisa bibliográfica acerca das temáticas dengue, saúde ambiental e geoprocessamento; coleta, análise e geoprocessamento de dados como notificações de dengue em sua manifestação clínica clássica, utilizando-se do software ArcGIS 9.2. Constatou-se que a maior parte dos casos se concentra na área central do município, bem como em suas áreas adjacentes. Os resultados permitem a compreensão da dinâmica da dengue através de sua espacialização e distribuição temporal entre os anos de 2009 e 2010, relacionando-a com aspectos socioeconômicos e ambientais gerais dos bairros com maior número de registros, assim como sua relação parcial com aspectos meteorológicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Batista Pedroso, Universidade Federal de Uberlândia
Graduado (Bacharel e Licenciado) em Geografia pela Faculdade de Ciências Integradas do Pontal - FACIP, Universidade Federal de Uberlândia - UFU (2011). Atualmente é estudante e bolsista CNPq do Curso de Pós-Graduação em Geografia (Mestrado) pela mesma instituição. Também é membro do Laboratório de Geografia Médica e Vigilância em Saúde Ambiental - LAGEM e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Turismo, Espaço e Estratégias de Desenvolvimento Local - GEPTEEDL. Tem interesse nas áreas de Geografia Médica e da Saúde, Saúde Ambiental e Geoprocessamento.
Publicado
2012-12-21
Como Citar
BATISTA PEDROSO, L.; MOURA, G. G. DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA DENGUE NO MUNICÍPIO DE ITUIUTABA/MG, 2009-2010. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 8, n. 15, 21 dez. 2012.
Seção
Artigos