AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE: ATRIBUIÇÕES E DESAFIOS

Hélia Soares Pereira, Jean Ezequiel Limongi

Resumo


O agente comunitário de saúde (ACS) é um profissional que desempenha importante papel na unidade de saúde, pois ele fortalece e cria novos vínculos entre a equipe multiprofissional e a comunidade. Os agentes desenvolvem um trabalho que visa à melhoria da qualidade de vida das famílias inseridas no programa Saúde da Família, por meio do desenvolvimento e implementação de ações voltadas para a promoção de saúde e prevenção de doenças. Este estudo teve como objetivo analisar a situação de trabalho dos ACS e os desafios para a consolidação da profissão. Foi realizada uma revisão da literatura sobre o processo de criação, adaptação e atribuições dos ACS, com olhar crítico sobre a necessidade de melhores condições de trabalho e capacitação para estes profissionais. A capacitação dos agentes contribui para que estes possam realizar o seu trabalho munidos de conhecimento técnico–científico apropriado, aptos a identificarem e solucionarem situações de risco as quais a população encontra-se vulnerável. A capacitação deve contínua e realizada de acordo com a realidade vivida pela comunidade onde o ACS reside e atua. Desta forma podem oferecer atendimento qualificado aos usuários do serviço de saúde.

Palavras-chave


Programa de Saúde da Família, Agentes Comunitários de Saúde, Capacitação, Comunidade.

Texto completo:

PDF




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Revista indexada em: DRJI Indexed Journal DOAJ