OS SINDICATOS E OS MOVIMENTOS SOCIAIS NA “ERA VARGAS”

Helder Canal Oliveira

Resumo


O presente artigo pretende mostrar que diferentemente do que a história oficial nos conta havia um movimento sindical dinâmico, atuante e combativo no Brasil antes da tomada do poder estatal por Vargas em 1930. Pelos menos cinco correntes ideológicas atuavam no movimento operário brasileiro, principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro, a saber: anarco-sindicalistas, socialistas-amarelos, comunistas, trotskistas e católicos. Todas essas correntes tinham projetos político-normativos próprios para o país. Alguns se assemelhavam mais. Já outros se distanciavam mais. Entretanto, todos, exceto os anarquistas, depois da lei de sindicalização, alguns mais cedo, outros mais tarde, passaram a atuar e defender a oficialização dos sindicatos inviabilizando a existência de sindicatos autônomos.

Palavras-chave


Movimento sindical, sindicato oficial, sindicato autônomo, corporativismo

Texto completo:

PDF