FUTEBOL E POLÍTICA: O AL AHLY NA EDITORIA MUNDO DA FOLHA DE S. PAULO

  • Caroline de Camargo Bufelli Universidade Federal de Uberlândia
  • Rafael Duarte Oliveira Venancio Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Al Ahly. Egito. Folha de S. Paulo. Política.

Resumo

O artigo aborda a atuação política do time egípcio Al Ahly na editoria Mundo do jornal diário Folha de S. Paulo. O time, vitorioso no futebol, é também personagem importante na política do Egito, participante ativo de manifestações e protagonista de uma das maiores tragédias em estádios já ocorridos, como aconteceu em Port Said com 74 pessoas mortas, por motivos políticos. Assim, seu caráter engajado o torna noticia em editorias que fogem ao esporte ou cunho futebolístico e no caso do jornal Folha de S. Paulo, o time é retratado na editoria Mundo, de cunho sério, a tratar na maioria das vezes sobre assuntos mais densos que não são esportivos. Com isso, esse estudo pretendeu analisar como o time aparece nessa editoria que foge do foco do futebol, transformando o time em personagem político, deixando de exaltar suas atuações em campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline de Camargo Bufelli, Universidade Federal de Uberlândia
Graduanda do curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia, integrado a Faculdade de Educação.
Rafael Duarte Oliveira Venancio, Universidade Federal de Uberlândia
Prof. Dr. do curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal de Uberlândia. Orientador do presente artigo.
Publicado
2015-12-16
Seção
Ciências Sociais