HABITAT E MIRANTE DAS ARTES: UMA PERSPECTIVA DIALÉTICA SOBRE O PROBLEMA DA MORADIA SOCIAL NO BRASIL NA DÉCADA DE 1960

  • Guilherme Vendramini Cuoghi Universidade Federal de Uberlândia
  • Maria Beatriz Camargo Cappello Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Mirante das Artes, Habitat, revista de arquitetura, habitação social no Brasil, década de 1960

Resumo

O presente artigo trata da leitura e pesquisa histórica sobre o processo de formulação crítica da habitação social no Brasil na década de 1960 sobre uma perspectiva dialética das revistas especializadas Habitat (1950-1965) e Mirante das Artes (1967-1968). Testemunhas e figuras ímpares no processo desenvolvimentista da arte, da arquitetura, do urbanismo e demais campos intercomunicantes de caráter cultural e social, encontra-se presente neste artigo a atenção especial ao da moradia social. A temática da habitação, tão cara ao movimento moderno, irá permear os artigos das revistas mostrando diferentes vertentes de discussão e atuação - tanto de arquitetos quanto de demais profissionais envolvidos (jornalistas, artistas, intelectuais, etc.) - sobre as atitudes insuficientes e superficiais de instituições governamentais frente à urgência do problema da moradia social que se aflora intensamente na década de 1960 pelo grande aumento populacional. No processo de cruzamento comparativo, o escopo deste artigo irá perpassar por diversas questões que emergem das revistas Mirante das Artes e Habitat do contexto dos anos 1960 e que permanecem até hoje suspensas na discussão dos rumos da habitação nacional contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Vendramini Cuoghi, Universidade Federal de Uberlândia
Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo - Faculdade de Arquitetura, Urbanismo e Design (UFU)
Maria Beatriz Camargo Cappello, Universidade Federal de Uberlândia
Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo - Faculdade de Arquitetura, Urbanismo e Design (UFU)
Publicado
2014-07-25
Seção
Arquitetura, Urbanismo e Design