O EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO (ENADE): concepções e proposições na percepção discente.

  • Joelma dos Santos Universidade Federal de São Carlos/ Centro de Educação e Ciências Humanas/Programa de Pós-graduação em Educação
  • Marta Leandro Silva Universidade Estadual Paulista " Júlio de Mesquita Filho" UNESP- Araraquara/Faculdade de Ciências e Letras junto ao Departamento de Ciências da Educação
Palavras-chave: ator social, verificação e regulação.

Resumo

A avaliação da educação superior apresentou-se, nos últimos anos, como uma política de Estado para regular e controlar a oferta e a qualidade do ensino superior. Este artigo tem por finalidade apresentar a percepção e a proposição do discente, regularmente matriculado no último ano do curso de física e de pedagogia licenciatura, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a respeito do Exame Nacional de Desempenho Acadêmico (ENADE). Para tanto, examinou-se, por meio do levantamento bibliográfico, pesquisa concernente à política pública de avaliação da educação superior a partir da década de 1980. Bem como fez-se o levantamento documental relativo a leis, decretos e portarias das políticas avaliativas nacionais, como também as regulamentações internas da UFU e dos cursos em análise. Aplicou-se entrevista semiestruturada aos discentes, buscando investigar: 1) qual é a concepção de avaliação?; 2) há alguma proposta para avaliação de desempenho?; 3) se conhecem a finalidade da avaliação de desempenho?. Concluiu-se com a hipótese de que o Estado estabeleceu regulamentações para controle e para regulação, gerando o ranqueamento entre as Instituições de Ensino Superior (IES) pública e privada, sem de fato ter a preocupação com qualidade do ensino, mas na perspectiva mercadológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joelma dos Santos, Universidade Federal de São Carlos/ Centro de Educação e Ciências Humanas/Programa de Pós-graduação em Educação
Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Possui graduação em Pedagogia (2010) pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e especialização em Pedagogia Empresarial Organizacional (2011) pela UFU. 1º lugar como Bolsista pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Marta Leandro Silva, Universidade Estadual Paulista " Júlio de Mesquita Filho" UNESP- Araraquara/Faculdade de Ciências e Letras junto ao Departamento de Ciências da Educação
Doutora em Educacão Escolar pela Universidade Estadual Paulista " Júlio de Mesquita Filho"- Campus Araraquara - Área de Política e Gestão da Educação ( Políticas Públicas - Gestão da Educação, Avaliação ) tendo por objeto de pesquisa Política e Gestão da educação focalizando a Educação Profissional/Tecnológica/Educação Superior. Mestre em Educação ( Área: Fundamentos Sociológicos, Filosóficos, Históricos, Econômicos da Educaçao- Linha de Pesquisa: Educação/Trabalho ) pela Universidade Federal de Sao Carlos (2002).Licendiada em Pedagogia pelo Centro Universitário Moura Lacerda de Ribeirão Preto/SP (1997), e bacharel em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário Moura Lacerda (1993). Atualmente é docente do Quadro Efetivo do Magistério Supeiror da Universidade Estadual Paulista " Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) vinculada à Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (Departamento de Ciências da Educação) -FCLAR/UNESP. Pesquisa nas áreas de Política e Gestão da Educação, Fundmanetos da Educação; Trabalho e Educação (História, Políticas, Gestão e Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica) ; Gestão da Educação Básica; Reforma de Estado; Legislação de Ensino, Gestão Democrática e Avaliação Institucional. Apresenta diversificada experiência profissional na Educacão Básica e Educação Profissional/ Tecnologica tendo exercido atuado na gestão escolar. Na Educacão Superior também exerceu o cargo de Professor Doutor Adjunto I (em regime de dedicação exclusiva do quadro efetivo na Faculdade de Educação (FACED) da Universidade Federal de Uberlândia(MG) e no quadro efetivo da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Em dezembro de 2012, ingressou via concurso público em cargo efetivo do magistério superior da UNESP (FCLAR/Araraquara/SP) sendo líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Profissional e Tecnológica desenvolve Pesquisa Financiada pela FAPESP - Processo 2011- 08456-; bem ainda participa do Grupo de Pesquisa intitulado " Incubadora de Gestores e Lideranças Educacionais). Pesquisa na área de Política e Gestão da Educação nas seguintes temáticas: políticas educacionais, gestão escolar, avaliação institucional, legislação educacional; em especial destaque para os estudos de políticas públicas da educação profissional/tecnológica.
Publicado
2014-07-25
Seção
Educação