OS IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS: CONSIDERAÇÕES SOBRE O SETOR AGROINDUSTRIAL DA CULTURA DE CANA DE AÇÚCAR NO BRASIL

  • Thiago Resende Cunha Universidade Federal de Uberlândia
  • Fabiane Santana Previtali Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Sociedade, Meio Ambiente, Precarização do Trabalho

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar os impactos socioambientais gerados pela expansão do setor agroindustrial da cana-de-açúcar no Brasil a partir da década de 2000, tendo como foco a região do Mineiro em Minas Gerais. O texto aponta o crescimento do setor, incentivado pelo governo federal, para quem o país possui grandes extensões de terras podendo transformar-se em líder do mercado mundial em energia limpa através da produção de etanol extraído do processamento da cana-de-açúcar. O estudo baseia-se na análise de documentos emitidos por órgãos governamentais e de associações de classe, como a Associação das Indústrias Sucroenergética de Minas Gerais no período recente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Resende Cunha, Universidade Federal de Uberlândia
Discente do curso de Ciências Sociais-UFU Bolsista I.C/CNPq Membro do grupo de pesquisa: Trabalho Educação e Sociedade
Fabiane Santana Previtali, Universidade Federal de Uberlândia
Docente do Instituto de Ciências Sociais no curso de graduação e no Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Pesquisadora Fapemig Coordenadora do grupo de pesquisa Trabalho Educação e Sociedade - GPTES
Publicado
2014-08-25
Seção
Sociologia