Presença/ausência dos jovens nos livros didáticos de história do ensino médio. DO ENSINO MÉDIO

  • Carmem Zeli de Vargas Gil

Resumo

O propósito desta comunicação é apresentar reflexões desenvolvidas com base no projeto de pesquisa História em diálogo com as culturas juvenis, o qual tem sido realizado na Faculdade de Educação da UFRGS. O estudo assenta-se nos postulados da história cultural, em especial inspira-se nos estudos desenvolvidos pelo historiador Roger Chartier, dentre outros autores. Neste artigo, o recorte escolhido visa examinar a presença/ausência da história dos jovens na abordagem dos conteúdos em uma coleção de livros didáticos de História para o ensino médio aprovada no Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM) 2012. Até o momento,contrastando os volumes da coleção com outros estudos sobre o tema da pesquisa, já é possível afirmar que há intencionalidades do editor e do autor em dialogar com situações da vida dos jovens na contemporaneidade, mais do que sua presença na História.

         

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-01-05
Como Citar
GIL, C. Z. DE V. Presença/ausência dos jovens nos livros didáticos de história do ensino médio. DO ENSINO MÉDIO. Revista História & Perspectivas, v. 28, n. 53, 5 jan. 2016.
Seção
Dossiê: Ensino/Pesquisa em História: desafios e perspectivas.