O ESTADO E O PODER DE CLASSE DOS GESTORES

  • João Alberto da Costa Pinto Universidade Federal de Goiás(UFG)

Resumo

Apresento neste artigo uma reflexão sobre o conjunto da obra teórica de João Bernardo, historiador marxista português, e enfatizando a centralidade conceitual dos Gestores (tecnocracia) como classe dominante capitalista e o seu poder institucional de controle do processo produtivo capitalista, tanto na organização das condições gerais de produção, sob a mediação institucional do Estado Restrito (Poder Público), como no controle da produção e realização da mais-valia, sob a mediação institucional do Estado Amplo (Empresas).

Biografia do Autor

João Alberto da Costa Pinto, Universidade Federal de Goiás(UFG)
Professor Adjunto na Faculdade de História da Universidade Federal de Goiás(UFG) e Doutor em História Contemporânea pela Universidade Federal Fluminense(UFF)
Publicado
2013-08-16
Como Citar
PINTO, J. A. O ESTADO E O PODER DE CLASSE DOS GESTORES. Revista História & Perspectivas, v. 26, n. 48, 16 ago. 2013.
Seção
Dossiê - Estado e Poder: Sociedade Civil