Retórica e Argumentação no Discurso Jurídico

origens e fundamentos

Palavras-chave: Retórica, Argumentação, Discurso Jurídico

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar reflexões a respeito da origem da Retórica e sua interligação com a Argumentação, para demonstrar o vínculo dessas áreas com o Discurso Jurídico. Nesse sentido, serão tomados por referência alguns teóricos, como: Aristóteles (1998 [s.d.]), Perelman & Olbrechts-Tyteca (2005 [1958]), Barilli (1985), Mosca (2005; 2004 [1997]), Reboul (2004 [1998]), Petri (2005 [2000]), Meyer (2007) e Plantin (2008). Desse modo, a fundamentação teórica irá tratar dos seguintes tópicos: a) Primórdios da Retórica; b) Fundamentos: os gêneros, as partes e as provas retóricas; c) Nova Retórica: Teorias da Argumentação - Oradores e Auditórios. Assim, estima-se que este estudo possa contribuir para fomentar e desenvolver a discussão entre os profissionais da área jurídica, com vistas a circunscrever e dimensionar esses termos, como possíveis maneiras conceituar Retórica, Argumentação e Discurso Jurídico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margibel Adriana de Oliveira, Damásio/IBMEC (SP) Faculdade de Tecnologia de Barueri (SP)
Docente de Trabalho Científico II (Artigo científico) e Introdução a Eventos e Hospitalidade

Referências

ARISTÓTELES. Retórica. Trad., introdução e notas de Manuel Alexandre Júnior. Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1998.

BARILLI, R. Retórica. Trad. Graça Marinho Dias. Lisboa: Presença, 1985.

Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, 2008-2013. Disponível em: http://www.priberam.pt/dlpo/. Acesso em: ago. de 2018.

HOUAISS, A.; e VILLAR, M. de S. Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2004.

MEYER, M. A Retórica. Revisão técnica de Lineide Salvador Mosca. Trad. de Marly N.

Neves. São Paulo: Ática, 2007.

MOSCA, L. L. S. A atualidade da Retórica e seus estudos: encontros e desencontros. I Congresso Virtual da Universidade de Lisboa. Lisboa: DLR (Departamento de Literaturas Românicas), 2005.

MOSCA, L. L. S. Velhas e novas retóricas: convergências e desdobramentos. In: MOSCA, L. L. S. (org.). Retóricas de ontem e de hoje. 3ª ed. São Paulo: Humanitas, 2004 [1997]. p. 17-54.

PERELMAN, C. O Império Retórico. In: O Império Retórico: Retórica e Argumentação. Trad. de Fernando Trindade e Rui Alexandre Grácio. Porto: Ed. ASA, 1993 [1977].

PERELMAN, C.; OLBRECHTS-TYTECA, L. Tratado da Argumentação: A Nova Retórica. Trad. de Maria Ermantina de Almeida Prado Galvão. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005 [1958].

PETRI, M. J. C. Argumentação Linguística e Discurso Jurídico. 2ª Ed. São Paulo: Plêiade, 2005 [2000].

PLANTIN, C. A argumentação: história, teorias, perspectivas. São Paulo: Parábola, 2008.

REBOUL, O. Introdução à Retórica. Trad. de Ivone Castilho Benedetti. 2a ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004 [1998].

Publicado
2019-02-03
Como Citar
DE OLIVEIRA, M. A. Retórica e Argumentação no Discurso Jurídico. Domínios de Lingu@gem, v. 13, n. 1, p. 87-108, 3 fev. 2019.