Competência Tradutória

o desenvolvimento da subcompetência sobre conhecimentos em tradução

  • Tania Liparini Universidade Federal da Paraíba
  • Luciane Leipnitz
Palavras-chave: Abordagens Cognitivas da Tradução, Formação de Tradutores, Estudo longitudinal

Resumo

Este artigo apresenta um recorte do projeto Competência Tradutória e Formação de Tradutores: o desenvolvimento das subcompetências específicas do tradutor (CNPq 485158/2013-2), cujo objetivo é investigar o desenvolvimento da competência tradutória em um grupo de tradutores em formação, a partir de um estudo longitudinal de abordagem processual. Serão discutidos aqui os resultados – obtidos na primeira e segunda etapa do projeto – relativos ao desenvolvimento da subcompetência sobre conhecimentos em tradução. Para a coleta e análise dos dados sobre conhecimentos em tradução, seguimos a metodologia de PACTE (2008). Esses dados foram cruzados com a avaliação da qualidade das traduções, realizada com base nos critérios de PACTE (2011b) e na ferramenta de avaliação Translation Quality Assessment Tool (COLINA, 2008). Os resultados obtidos até o momento apontam para o progresso no desenvolvimento da subcompetência sobre conhecimentos em tradução dos sujeitos, no período compreendido entre a primeira e a segunda etapa da coleta de dados. A pesquisa se encontra em andamento; espera-se, ao final do projeto, além de confirmar os resultados obtidos até o momento, contribuir para ampliar os conhecimentos sobre aquisição da competência tradutória e fomentar reflexões que levem a melhorias no ensino de tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tania Liparini, Universidade Federal da Paraíba
Professora do Departamento de Mediações Interculturais da Universidade Federal da Paraíba. Doutora em Linguística Aplicada pela UFMG. Atuação na área de Estudos da Tradução e Formação de Tradutores.

Referências

BEEBY, A.; CASTILLO, L.; FOX, O.; GALÁN MAÑAS, A.; HURTADO ALBIR, A.; KUZNIK, A.; MASSANA, G.; NEUNZIG, W.; OLLALA, Ch.; RODRIGUEZ INÉS, P.; ROMERO, L. Results of PACTE’s experimental research on the acquisition of translation competence: The acquisition of declarative and procedural knowledge in translation. The dynamic translation index. Translation Spaces, Amsterdam; Philadelphia, v. 4, n. 1, p. 29-53, 2015. https://doi.org/10.1075/ts.4.1.02bee

CASTILLO, L. M. Acquisition of translation competence and translation acceptability: an experimental study. Translation & Interpreting, Sydney, v. 7, n.. 1, p. 72-85, 2015.

COLINA, S. Translation Quality Evaluation: empirical evidence for a functionalist approach. The Translator, London, v. 14, n. 1, p. 97-134, 2008. https://doi.org/10.1080/13556509.2008.10799251

GONÇALVES, J. L. V. R. O Desenvolvimento da Competência do Tradutor: investigando o processo através de um estudo exploratório-experimental. 2003. 152 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG, 2003.

______. O desenvolvimento da competência do tradutor: em busca de parâmetros cognitivos. In: PAGANO, A.; MAGALHÃES, C.; ALVES, F. (Org.). Competência em Tradução: cognição e discurso. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2005, p. 59-90.

GÖPFERICH, S. Towards a model of translation competence and its acquisition: the longitudinal study TransComp. In: GÖPFERICH, S.; JAKOBSEN, A. L.; MEES, I. M. (Ed). Behind the Mind: Methods, models and results in translation process research. Copenhagen: Samfundslitteratur, 2009, p. 11-37.

HURTADO ALBIR, A. A aquisição da competência tradutória: aspectos teóricos e didáticos. In: PAGANO, A.; MAGALHÃES, C.; ALVES, F. Competência em Tradução: cognição e discurso. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2005, p. 19-57.

LIPARINI CAMPOS, T.; BRAGA, C.; LEIPNITZ, L. Subcompetência sobre conhecimentos em tradução: resultados da primeira fase de um estudo longitudinal. Graphos, João Pessoa, v. 17, n. 1, p. 131-145, 2015.

LIPARINI CAMPOS, T.; LEIPNITZ, L.; BRAGA, C. Avaliação da Qualidade da Tradução: resultados da primeira fase de um estudo longitudinal sobre a aquisição da competência tradutória (no prelo).

PACTE. Acquiring translation competence: hypotheses and methodological problems in a research project. In: BEEBY, A.; ENSINGER, D.; PRESAS M. Investigating Translation. Amsterdam: John Benjamins, 2000, p. 99-106.

______. Building a translation competence model. In: ALVES, F. Triangulating Translation: Perspectives in process oriented research. Amsterdam; Philadelphia: John Benjamins, 2003, p. 43-66. https://doi.org/10.1075/btl.45.06pac

______. Investigating Translation Competence: Conceptual and Methodological Issues. Meta, Montréal, v. 50, n. 2, p. 609-619, 2005. https://doi.org/10.7202/011004ar

______. First Results of a Translation Competence Experiment: ‘Knowledge of Translation’ and ‘Efficacy of the Translation Process’. In: KEARNS, J. Translator and Interpreter Training: Issues, Methods and Debates. London: Continuum International Publishing Group, 2008, p. 104-126.

______. Results of the Validation of the PACTE Translation Competence Model: Translation Project and Dynamic Translation Index. In: O’BRIEN, S. IATIS Yearbook 2010. London: Continuum, 2011a, p. 30-53.

______. Results of the Validation of the PACTE Translation Competence Model: Translation Problems and Translation Competence. In: ALVSTAD, C.; HILD, A.; TISELIUS, E. Methods and Strategies of Process Research: integrative approaches in translation studies. Amsterdam: John Benjamins, 2011b, p. 317-343.

______. First Results of PACTE Group’s Experimental Research on Translation Competence Acquisition: The Acquisition of Declarative Knowledge of Translation. MonTI. Monografías de Traducción e Interpretación, Alicanti, v. esp., p. 85-115, 2014. https://doi.org/10.6035/http://dx.doi.org/10.6035/MonTI.2014.ne1.2

SHREVE, G. M. The deliberate practice: translation and expertise. Translation Studies, London, v. 9, n. 1, 2006, p. 27-42.

Publicado
2017-12-21
Como Citar
LIPARINI, T.; LEIPNITZ, L. Competência Tradutória. Domínios de Lingu@gem, v. 11, n. 5, p. 1727-1745, 21 dez. 2017.