As interações interlinguais e intralinguais na produção oral e escrita do português por estudantes polacos

  • Teresa Maria Wlosowicz University of Social Sciences, Cracow
Palavras-chave: interações interlinguais, transferência, interferência, sistemas plurilingues

Resumo

O alvo deste estudo foi uma análise da produção oral e escrita do português (mais precisamente, a tradução escrita de frases do polaco para o português) por estudantes polacos, do ponto de vista das interações interlinguais. Na atividade escrita, assim como na atividade oral, foram observadas interações diferentes. Quanto à escrita, o léxico do português foi influenciado por todas as línguas dos participantes (também houve um erro devido à influência do polaco), enquanto na gramática foram observadas influências da maioria das línguas, exceto do francês e do italiano. Além disso, houve diferenças estatisticamente significativas entre os estudantes de filologia portuguesa e os de outras filologias românicas que estudavam português como língua estrangeira adicional. Essas diferenças podem ser explicadas através das diferenças na competência linguística em português e na ativação das línguas nos sistemas plurilíngues. Em contrapartida, embora na produção oral tenham ocorrido menos interações, todas as línguas previamente conhecidas emergiram a nível lexical e gramatical. Os resultados deste estudo corroboram a complexidade dos sistemas plurilíngues e a interdependência das línguas nesses sistemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Teresa Maria Wlosowicz, University of Social Sciences, Cracow
Teresa Maria Wlosowicz obteve o grau de doutor em linguistica da Universidade da Silésia em Katowice (Polônia) e da Universidade de Estrasburgo (França) em 2009. As suas pesquisas cientificas tratam sobretudo do plurilinguismo e da acquisicao de linguas, mas tambem da linguistica comparativa e da linguistica aplicada, por exemplo, da traduçao.
Publicado
2016-11-28
Como Citar
WLOSOWICZ, T. M. As interações interlinguais e intralinguais na produção oral e escrita do português por estudantes polacos. Domínios de Lingu@gem, v. 10, n. 4, p. 1449-1480, 28 nov. 2016.