Estrangeiridade e hospitalidade: representações sobre migrantes na mídia mato-grossense

  • Flavio Roberto Gomes Benites Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
Palavras-chave: Migração, Discurso, Mídia

Resumo

Este texto pretende fazer uma breve abordagem acerca das representações que a mídia mato-grossense faz de migrantes sulistas no Estado a partir de dois textos: Imigração: crescimento de 7,76% ao ano é um dos maiores do país (publicado no Diário de Cuiabá em 08 de abril de 1975) e Quem é o governador Blairo Maggi (site da Secretaria de Comunicação Social, publicado em 01 de janeiro de 2007). Para tanto, vamos nos ancorar na perspectiva discursiva (especificamente sobre a memória discursiva), focalizando elementos advindos da Psicanálise (a questão do estrangeiro) e da desconstrução derridiana (a questão da hospitalidade), tendo em conta que os mesmos podem contribuir para uma problematização sobre a temática da (i)migração e os efeitos de sentidos que emergem na mídia escrita. Os resultados mostram que os sentidos produzidos nos textos analisados trazem a memória da colonização e civilização europeias e identifica os migrantes com os bandeirantes, com os desbravadores. Além disso, apresenta a hospitalidade em Mato Grosso enquanto hostipitalidade, termo pelo qual Derrida expressa os sentimentos tanto de acolhida quanto de hostilidade aos estrangeiros, aos migrantes, portanto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flavio Roberto Gomes Benites, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
Professor Adjunto III do Curso de Letras, Campus de Tangará da Serra, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Doutor em Linguística Aplicada pela UNICAMP.
Publicado
2014-09-17
Como Citar
BENITES, F. R. G. Estrangeiridade e hospitalidade: representações sobre migrantes na mídia mato-grossense. Domínios de Lingu@gem, v. 8, n. 3, p. 135-148, 17 set. 2014.