A construção de sentidos em charges sobre o mensalão: um olhar bakhtiniano

  • Gislaine Machado Jerônimo Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
  • Kelli da Rosa Ribeiro Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
Palavras-chave: construção dos sentidos, relações dialógicas, enunciado, charges, mensalão.

Resumo

RESUMO: A charge é um gênero discursivo que apresenta relação estreita entre o dito e o não dito, bem como entre aspectos verbais e visuais. Nos questionamos como esses elementos se entrelaçam e formam sentidos, à luz da teoria dialógica bakhtiniana. Nosso objeto de estudo são charges que trazem um olhar crítico sobre a política brasileira, mais especificamente sobre o MENSALÃO. Para tanto, lançamos mão de conceitos como relações dialógicas, plurilinguismo, vozes sociais, gêneros do discurso e discurso na vida (entoação, gesto, herói, entimema, horizonte espacial). A charge embora seja um discurso conciso e curto, se constrói no entrelaçamento de elementos verbais e extraverbais. Desse modo, configura um texto bastante complexo, crítico e essencialmente dialógico. Devido a tais características, os conceitos da teoria bakhtiniana, dos quais nos valemos, se mostram eficientes na construção de um alicerce profundo para uma análise dos sentidos que emergem da charge. Assim, através deles, é possível melhor compreender as valorações sociais, as quais atravessam os discursos que envolvem política e corrupção no Brasil.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gislaine Machado Jerônimo, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
Doutoranda e Mestre em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Bolsista de doutorado do CNPq. Desenvolve pesquisa em Teoria e Análise Linguística. Membro da Comissão Editorial Executiva da Revista Letrônica do PPGL da PUCRS.
Kelli da Rosa Ribeiro, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
Doutoranda e Mestre em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Bolsista de doutorado do CNPq. Especialista em Linguística e Ensino de Português pela Universidade Federal de Rio Grande (FURG). Membro da Comissão Editorial Executiva da Revista Letrônica do PPGL da PUCRS. Possui experiência e desenvolve pesquisa na área de Linguística em interface com as áreas da Comunicação Social, Sociologia da Religião, Educação e Filosofia.
Publicado
2014-06-29
Como Citar
JERÔNIMO, G. M.; RIBEIRO, K. DA R. A construção de sentidos em charges sobre o mensalão: um olhar bakhtiniano. Domínios de Lingu@gem, v. 8, n. 1, p. 129-150, 29 jun. 2014.