A unidade informacional de Introdutor Locutivo no português do Brasil: uma primeira descrição baseada em corpus

Bruna Maia Rocha, Tommaso Raso

Resumo


RESUMO

 

Neste artigo é apresentada a análise da unidade informacional usada na fala para sinalizar que o espaço locutivo subseqüente apresenta um ponto de vista unitário que difere daquele do restante do texto. A unidade é denominada Introdutor Locutivo (INT) na a Teoria da Língua em Ato (TLA), base teórica do estudo. A TLA parte da teoria dos Atos de Fala e analisa a estrutura informacional de um enunciado levando em consideração a interface prosódica entre locução e ilocução. Para este estudo foi analisado um subcorpus composto de 10 textos de cerca de 1500 palavras cada, extraídos do corpus C-ORAL-BRASIL, portador da maior variação diafásica possível, com o objetivo de obter, assim, uma gama variada de ilocuções e estruturações informacionais. São descritas as características funcionais, distribucionais, prosódicas, morfossintáticas e lexicais do INT em PB. Os resultados, contribuem para o estudo da estrutura informacional em PB e permitem a comparação interlingüística com línguas às quais já foi aplicada a mesma base teórica.

 


ABSTRACT

This paper analyses the informational unit used to indicate that the following locutive space contains a unitary point of view which differs from that of the rest of the utterance. This unit is named Locutive Introducer (INT) according to the Language in Act Theory (LAT), theoretical basis of the study. The LAT departs from the Speech Acts theory and analyses the informational structure of an utterance taking into account the prosodic interface between locution and illocution. We analyzed a subcorpus of 10 texts of around 1500 words each, extracted from the C-ORAL-BRASIL corpus, containing the widest possible diaphasic variation, so aiming to obtain a broad range of illocutions and informational structures. We describe the functional, distributional, prosodic, morphosyntactic and lexical characteristics of INT in BP. The results contribute to the study of informational structure of BP and permit the linguistic comparison among languages to which the same theoretical basis has been applied.

 



Palavras-chave


Palavras-chave: Fala espontânea; estrutura informacional; C-ORAL-BRASIL; Introdutor Locutivo. Key words: Spontaneous speech; informational structure; C-ORAL-BRASIL; Locutive Introducer.

Texto completo:

Sons PDF


Direitos autorais

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional..

 

ISSN: 1980-5799.


Associada às seguintes bases de dados e diretórios: MLA, Latindex, DOAJDiadorim, Sumários.org, JournalSeek, WorldCat, Periódicos CAPES, BASE, CIRC, ERIPlus, EZ3, Google Acadêmico, SIS e ao Livre.

Revista Qualis B1, área de Letras e Linguística, quadriênio 2013/16.

 

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABECLogotipo do Crossref