Tradução culinária e ensino: um exemplo de metodologia de avaliação utilizando etiquetagem e o WordSmith Tools

  • Elisa Duarte Teixeira FFLCH/USP
Palavras-chave: Tradução técnica, Receitas culinárias, Avaliação de tradução, Ensino de tradução, Terminologia

Resumo

Apesar do pouco prestígio da Culinária como área técnica de tradução, alguns autores têm se dedicado a estudar as especificidades envolvidas na tradução de receitas e as dificuldades que essa tarefa suscita. No presente trabalho, inicialmente um capítulo de nossa dissertação de mestrado, apresentamos um exemplo de metodologia de avaliação de tradução. Aprendizes de tradução foram instados a traduzir uma receita culinária e comentar certos aspectos envolvidos na realização dessa tarefa. O material resultante foi etiquetado e analisado com o auxílio do programa WordSmith Tools. À parte a carência de materiais de consulta constatada, observamos que os aprendizes tiveram dificuldade em observar características de gênero e tipologia textuais que, em última instância, deveriam nortear toda a sua produção textual na língua de chegada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisa Duarte Teixeira, FFLCH/USP
Possui Doutorado (2008) e Mestrado (2004) em Letras pelo Programa de Estudos Linguísticos e Literários em Inglês do Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo, Especialização de Longa Duração em Inglês pela Universidade de São Paulo (2001) e Bacharelado em Letras - Lingüística pela Universidade de São Paulo (1997).
Publicado
2011-02-02
Como Citar
TEIXEIRA, E. D. Tradução culinária e ensino: um exemplo de metodologia de avaliação utilizando etiquetagem e o WordSmith Tools. Domínios de Lingu@gem, v. 2, n. 2, 2 fev. 2011.