Ensino de Sociologia para exercício da cidadania: uma relação comprometida com a ordem social vigente

  • Valci Melo Universidade Federal de Alagoas/doutorando
Palavras-chave: Ensino de Sociologia. Cidadania. Emancipação humana

Resumo

O artigo analisa o discurso de professores de Sociologia acerca da formação de estudantes para o exercício da cidadania e do lugar da referida disciplina neste processo. O estudo se deu a partir da Análise do Discurso filiada ao filósofo francês Michel Pêcheux (1938-1983) e fez uso de entrevistas semiestruturadas e aplicação de questionários junto a 10 professores que lecionam Sociologia no Sertão Alagoano. Ao longo do texto, demonstra-se que a relação entre o ensino de Sociologia e o discurso de "preparação para o exercício da cidadania" é vista pelos docentes como algo não exclusivo, porém, como uma relação profunda, fundamental e politizadora. Por fim, conclui-se que o discurso dos professores articula-se mais com o aperfeiçoamento da ordem social vigente do que com a superação radical da forma de sociabilidade capitalista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valci Melo, Universidade Federal de Alagoas/doutorando

Licenciado em Pedagogia pela Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL, 2011), graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL, 2017), Mestre (2016) e doutorando em Educação, também pela UFAL, e professor da rede pública municipal de São José da Tapera, Sertão Alagoano.

Publicado
2018-08-05