O municipalismo libertário e a Revolução Rojava

  • Isaías Albertin de Moraes Unesp/Araraquara http://orcid.org/0000-0003-1839-803X
  • Fernando Antonio da Costa Vieira Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro da Universidade Candido Mendes (IUPERJ/UCAM)
Palavras-chave: Revolução de Rojava, Curdos, Municipalismo Libertário.

Resumo

A pesquisa buscou apresentar a Revolução de Rojava, sua organização e sua estrutura ideológica-poltica, influenciada pela teoria do Municipalismo Libertário. Para atingir esse objetivo, o artigo procurou realizar um resgate histórico do povo curdo, sua luta por autonomia e o protagonismo do Parti Karkerani Kurdistan- PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão) e de seu aliado sírio o Partiya Yekîtiya Demokrat -PYD (Partido de União Democrática).  Além de apresentar os principais conceitos do Municipalismo Libertário de Murray Bookchin e como ele vem sendo implantado em Rojava.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isaías Albertin de Moraes, Unesp/Araraquara
Doutorando em Ciências Sociais pela Unesp/Araraquara. Mestre em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro da Universidade Candido Mendes - IUPERJ/UCAM (2014). Especialista em Relações Internacionais pela UnB. (2007). Possui Graduação em Ciências Econômicas (2014) e Comércio Exterior (2010), ambas pela Unisul, e em Comunicação Social pelo Mackenzie (2004).
Fernando Antonio da Costa Vieira, Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro da Universidade Candido Mendes (IUPERJ/UCAM)
Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pós-doutor em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política e coordenador do Grupo Movimentos Sociais e Mídia: Embates e Aproximações, do Iuperj/Ucam
Publicado
2018-08-05