Resistência à compressão do concreto autoadensável: influência da atividade pozolânica do calcário e do basalto

  • Igor André Rodrigues Piovezan Universidade Estadual Paulista
  • Leandro Parras Meleiro Universidade Estadual Paulista
  • Mario Morio Isa Universidade Estadual Paulista

Resumo

Esta pesquisa estuda a influência da atividade pozolânica do calcário e do basalto no comportamento da resistência à compressão do concreto autoadensável de alto desempenho (CAAD). As adições selecionadas são o filler calcário e o filler basalto, por se tratarem de subprodutos industriais contribuindo desta forma para o desenvolvimento sustentável. A pasta dos CAADs em estudo é constituída de cimento, sílica ativa, filler calcário ou filler basalto, água e aditivo superplastificante. São fixadas as relações água/cimento em 0,40 kg/kg, sílica ativa/cimento em 0,10 kg/kg e as relações superplastificante/cimento e filler/cimento são determinadas através de ensaios de cone de Marsh e de "mini-slumpâ€? respectivamente. O esqueleto granular é obtido a partir de uma composição entre areia quartzosa e brita de basalto que apresenta o menor índice de vazios. Os resultados mostram que o CAAD com adição de filler calcário tem maior resistência à compressão do que o CAAD com adição de filler basalto nas idades de 7, 28 e 63 dias. Isto justifica-se já que o filler calcário apresenta maior índice de atividade pozolânica do que o filler basalto. Além disso a relação água/finos para o CAAD com filler calcário é de 0,27 kg/kg enquanto que o CAAD com filler basalto é de 0,29 kg/kg. Palavras-chave: concreto autoadensável, resistência à compressão, atividade pozolânica e desenvolvimento sustentável. ABSTRACT This research studies the influence of the pozzolanic activity of the calcareous and basalt in the resistence behavior of the compressive strength of high performance self-compacting concrete (HPSCC). The selected aditives are the calcareous filler and basalt filler, for they are industrial residues helping that way the sustainable development. The paste of this concrete type is constituted of cement, silica fume, calcareous filler or basalt filler, water and superplasticizer additive. In this research the relationships water/cement are fixed in 0,40 kg/kg, silica fume/cement of 0,10 kg/kg and the relationships filler/cement and superplasticizer/cement are determined through of Marsh´s cone and mini-slump tests. The granular skeleton is gotten from a composition between quartzous sand and brita of basalt that presents the lesser index of emptinesses. The results show that the HPSCC with the addition of calcareous filler has greater compressive strength than what the HPSCC with addition of basalt filler in the ages of 7, 28 and 63 days. It is explained by the fact that the calcareous filler presents greater index of pozzolanic activity than the basalt filler. Besides that the relation water/fine for the HPSCC with calcareous filler is 0,27 l/kg whereas the HPSCC with basalt filler is of 0,29 l/kg. Keywords: self-compacting concrete, compressive strenght, pozzolanic activity and sustainable development.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Igor André Rodrigues Piovezan, Universidade Estadual Paulista
Faculdade de Engenharia de Bauru, Departamento de Engenharia Civil
Leandro Parras Meleiro, Universidade Estadual Paulista
Faculdade de Engenharia de Bauru, Departamento de Engenharia Civil
Mario Morio Isa, Universidade Estadual Paulista
Faculdade de Engenharia de Bauru, Departamento de Engenharia Civil
Publicado
2008-06-13
Seção
Sumário