Modernidade, Educação e História da Educação

Main Article Content

Bruno Bernardes Carvalho

Resumo

A obra “Da Cadeira ao Banco: Escola e Modernização (Séculos XVIII – XX)”, de autoria de Justino Magalhães, professor catedrático do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, é leitura essencial aos pesquisadores da História da Educação. Partindo da metáfora que dá título ao livro, o autor faz uma incursão pelos séculos XVIII ao XX, munido pela erudição que lhe é peculiar. Além do profundo trabalho de pesquisa, o autor nos oferece uma visão sobre a “história da longa duração”, isto é, o processo histórico de constituição da escola e da educação escolar enquanto instituintes e institutos da Modernidade na Europa. Adotando a perspectiva da síntese historiográfica, pela visão ampliada do processo de escolarização, o conjunto de análises e reflexões apresentadas na obra são importantes contribuições à historiografia educacional, pois faz emergir categorias de análise, que servem de aporte para outras investigações, como por exemplo: estatalização; nacionalização; governamentação; regimentação; cultura escrita; e munícipio pedagógico, discutidas em artigos e livros anteriores por Justino Magalhães.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Carvalho, B. B. (2020). Modernidade, Educação e História da Educação. Cadernos De História Da Educação, 19(1), 310-313. https://doi.org/10.14393/che-v19n1-2020-18
Seção
Resenha
Biografia do Autor

Bruno Bernardes Carvalho, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro - IFTM - Minas Gerais - Brasil

https://orcid.org/0000-0002-2451-3666
http://lattes.cnpq.br/1485505154398606
brunobernardes@iftm.edu.br

Referências

MAGALHÃES, Justino. Da Cadeira ao Banco: Escola e Modernização (Séculos XVIII – XX). Lisboa: Educa; Unidade de I&D de Ciências da Educação. 2010. 644p.