História e memória da EJA nas universidades brasileiras e portuguesas - séculos XX e XXI

Main Article Content

Sônia Maria dos Santos
Francisca Izabel Pereira Maciel

Resumo

A história da Educação de Jovens e Adultos (EJA) se consolidou como um campo de pesquisa que vem ganhando espaço na Academia, devido ao diálogo que faz com diferentes temáticas da historiografia. Esse campo, portanto, provoca práticas e reflexões que não estão inscritas, especificamente, no âmbito escolar, pois vão muito além. É uma história contada a partir das relações de gênero, do trabalho, da política, do corpo, entre muitas outras perspectivas que revelam facetas múltiplas de um mesmo objeto. Entretanto, embora reconheçamos que exista um aumento vertiginoso das pesquisas sobre a História da EJA nos últimos 20 anos, ainda há uma tímida produção, se a compararmos, por exemplo, com a história da educação primária. Dessa maneira, este Dossiê tem por objetivo promover um diálogo entre pesquisadores sobre a história da educação de jovens e adultos em universidades brasileiras e portuguesas, nos séculos XX e XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Santos, S. M. dos, & Maciel, F. I. P. (2020). História e memória da EJA nas universidades brasileiras e portuguesas - séculos XX e XXI. Cadernos De História Da Educação, 19(1), 3-6. https://doi.org/10.14393/che-v19n1-2020-2
Seção
Dossiê: História e memória da EJA nas universidades brasileiras e portuguesas
Biografia do Autor

Sônia Maria dos Santos, Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil

https://orcid.org/0000-0002-7217-1576
http://lattes.cnpq.br/9281057859793276
soniaufu@gmail.com

Francisca Izabel Pereira Maciel, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG - Minas Gerais - Brasil

https://orcid.org/0000-0003-4751-2890
http://lattes.cnpq.br/0925119698225692
emaildafrancisca@gmail.com

 

Referências

AÇÃO EDUCATIVA; INSTITUTO PAULO MONTENEGRO. Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) Brasil 2018: resultados preliminares. São Paulo: Ação Educativa; IPM, 2018. Disponível em: . Acesso em: 19 abr. 2019. https://doi.org/10.31368/1980-6221r00382018

CALÇADE, Paula. As taxas de analfabetismo ainda são altas no Brasil? 2018. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2019. https://doi.org/10.17771/pucrio.acad.11041