A literatura infantil, segundo Fernando de Azevedo

Main Article Content

Maria do Rosario Longo Mortatti
Marcelo Augusto Totti

Resumo

Embora diferentes aspectos da obra e da atuação de Fernando de Azevedo (1894-1974) venham sendo objeto de estudos que evidenciam suas decisivas contribuições para a sociologia, a educação e a cultura no Brasil, ainda estão inexploradas suas reflexões sobre literatura infantil. Com o objetivo de contribuir para a compreensão desse aspecto da obra do eminente intelectual brasileiro, analisa-se, neste artigo, a configuração textual do ensaio “A literatura infantil numa perspectiva sociológica”, publicado em 1952, na revista Sociologia, da Escola de Sociologia e Política da São Paulo, e republicado, na terceira edição, de 1953, do livro A educação e seus problemas (Melhoramentos). A análise se baseia na hipótese de sua relação com o projeto (político) de renovação educacional no Brasil e com a história da sociologia, da educação e da produção brasileira sobre literatura infantil, em que o ensaio figura como um clássico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Mortatti, M. do R. L., & Totti, M. A. (2019). A literatura infantil, segundo Fernando de Azevedo. Cadernos De História Da Educação, 18(3), 767-789. https://doi.org/10.14393/che-v18n3-2019-11
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Maria do Rosario Longo Mortatti, Universidade Estadual Paulista (Brasil)

http://orcid.org/0000-0003-1374-1425
http://lattes.cnpq.br/7159018256371571
m.mortatti@unesp.br

Marcelo Augusto Totti, Universidade Estadual Paulista (Brasil)

https://orcid.org/0000-0002-5188-5983
http://lattes.cnpq.br/7520642772477338
marcelo.totti@unesp.br

Referências

AZEVEDO, F. A educação e seus problemas. 3. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1953.

AZEVEDO, F. A educação e seus problemas. São Paulo: Nacional, 1937. (Biblioteca pedagógica brasileira. Atualidades pedagógicas, 3).

AZEVEDO, F. A formação e a conquista do público infantil (A literatura infantil numa perspectiva sociológica). In: _____. A educação e seus problemas. 3 ed., São Paulo: Edições Melhoramentos, São Paulo: Companhia Editora Nacional. 1953a. p. 205-220.

AZEVEDO, F. A literatura infantil numa perspectiva sociológica. Sociologia – Estudos de Sociologia e Política, v. XIV, n. 1, p. 43-63, mar. 1952.

AZEVEDO, F. A nova função do livro escolar. In: _____. A educação e seus problemas. 3 ed., São Paulo: Edições Melhoramentos, São Paulo: Companhia Editora Nacional. 1953d.

AZEVEDO, F. A reconstrução educacional no Brasil. Ao povo e ao governo. Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1932.

AZEVEDO, F. A renovação educacional e o livro. In: _____. A educação e seus problemas. 3. ed., São Paulo: Edições Melhoramentos, São Paulo: Companhia Editora Nacional. 1953c.

AZEVEDO, F. As bibliotecas e os laboratórios. In: _____. A educação e seus problemas. 3. ed., São Paulo: Edições Melhoramentos, São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1953b.

AZEVEDO, F. Discurso de posse ([1945]/1968). Disponível em: http://www.academia.org.br/ academicos/fernando-de-azevedo/discurso-de-posse. Acesso em: 15/08/2019.

AZEVEDO, F. Educadores e homens de letras (Pela aproximação de dois mundos que pareciam viver quase separados) [1945]. In: _____. A educação e seus problemas. 3. ed., São Paulo: Edições Melhoramentos, São Paulo: Companhia Editora Nacional. 1953e.

BERTOLETTI, E. N. M; MORTATTI, M.R.L. Histórias do Tio Damião (1942-1951), by Lourenço Filho: an interpretation of Brazil through children’s literature. History of Education & Children's Literature, v. XIII, p. 65-86, 2018.

DURKHEIM, É. Educação e Sociologia. Trad. M. B. Lourenço Filho. 11. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1978. (1ª ed. em 1929 - Biblioteca de Educação, v.5)

FESPSP. A revista. Disponível em: https://www.fespsp.org.br/inst_institucional/71/ revista_sociologia/a_revista. Acesso em: 02/05/2019.

JACKSON, L. C. A sociologia paulista nas revistas especializadas (1940-1965). Tempo social. vol.16, n.1, São Paulo, p. 263-283, Jun. 2004. https://doi.org/10.1590/s0103-20702004000100013

LEMME, P. Memórias de um Educador. [1976]. 2. ed. Brasília-DF: INEP, 2004. (Estudos de educação e perfis de educadores - Volume 3).

LUKÁCS, G. Marxismo e teoria da literatura. Trad. C. N. Coutinho. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

MAGNANI, M R M. Em sobressaltos: formação de professora. Campinas: Ed. da Unicamp, 1993.

MONARCHA, C.; LOURENÇO FILHO, Ruy. Por Lourenço Filho: uma biobibliografia. Brasília/DF: INEP/MEC, 2001.

MORTATTI, M. R. L. Entre a literatura e o ensino: a formação do leitor. São Paulo: Editora Unesp, 2018.

MORTATTI, M. R. L. Literatura infantil e/ou juvenil: a "prima pobre" da pesquisa em Letras? Guavira Letras, Três Lagoas, n. 6, 2008.

MORTATTI, M. R. L. Os sentidos da alfabetização: São Paulo – 1876/1994. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

MORTATTI, M.R.L. Literature for primary school and education of republican citizens, in the 'Revista de Ensino' (São Paulo-BRAZIL) - 1902-1918. History of Education & Children's Literature, v. X, p. 47-66, 2015.

NEUHOLD, R. R. Sociologia do ensino de Sociologia: os debates acadêmicos sobre a constituição de uma disciplina escolar. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2014.

PENNA, M. L. Fernando de Azevedo. Recife: Fundação Joaquim Nabuco; Editora Massangana; MEC, 2010. (Coleção Educadores - MEC).

PILETTI, N. A reforma Fernando de Azevedo: Distrito Federal, 1927-1930. São Paulo: Faculdade de Educação/USP, 1982. (Estudos e documentos, v. 20)

PILETTI, N. Fernando de Azevedo. Estudos Avançados. São Paulo, v. 8, n.22, Set./Dez. 1994. https://doi.org/10.1590/s0103-40141994000300016

SARMENTO, M. Sociologia da infância: correntes e confluências. In: SARMENTO, M., GOUVEA, M. C. S. Estudos da infância: educação e práticas sociais. Petrópolis: Vozes, 2008.

SAVIANI, D. Teorias pedagógicas contra-hegemônicas no Brasil. Revista Ideação, Feira de Santana, v.10, n.2, p. 11-28, 2008.

TOLEDO, M. R. A. Circulação de modelos de leitura para professores: a Atualidades Pedagógicas e a Biblioteca Museu do Ensino Primário. [2007]. Disponível em: http://30reuniao.anped.org.br/trabalhos/GT02-3621--Int.pdf. Acesso em 10/02/2019.

TOTTI, M. A. Ciência e educação no pensamento de Alberto Torres, Fernando de Azevedo e Florestan Fernandes: das rupturas paradigmáticas à análise retórica. 151 f. Tese (Doutorado em Educação Escolar). Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras, Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar. Araraquara, 2009.

VIDAL, D. G. 80 anos do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova: questões para debate. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 39, n. 3, p. 577-588, jul./set. 2013. https://doi.org/10.1590/s1517-97022013005000007

XAVIER, L. N. Retrato de corpo inteiro do Brasil: a cultura brasileira por Fernando de Azevedo. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 24, n. 1, p. 70-86, Jan.1998. https://doi.org/10.1590/s0102-25551998000100005