Elementos constitutivos da história da profissão docente em Montes Claros (1920-1930)

Main Article Content

Geisa Magela Veloso
Mônica Maria Teixeira Amorim

Resumo

O artigo objetiva discutir elementos constitutivos da história da profissão docente, nas décadas de 1920-30, partindo da organização da Escola Normal na cidade de Montes Claros, localizada em Minas Gerais/Brasil. O estudo situa-se no âmbito da História Cultural, tomou o jornal Gazeta do Norte como fonte documental e a Revista do Ensino para captar a sincronia do local com discussões propostas em Minas Gerais. No estudo, destaca-se o papel das escolas normais na formação docente, o embate entre formação técnica e cultura geral, a abnegação e a culpa como fundamentos do trabalho docente. Ressalta-se que Montes Claros faz adesão ao programa proposto em Minas, defende o magistério como sacerdócio e o ensino normal como atividade técnica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Veloso, G. M., & Amorim, M. M. T. (2019). Elementos constitutivos da história da profissão docente em Montes Claros (1920-1930). Cadernos De História Da Educação, 18(1), 221-237. https://doi.org/10.14393/che-v18n1-2019-13
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Geisa Magela Veloso, Universidade Estadual de Montes Claros

Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Montes Claros. E-mail: velosogeisa@gmail.com

Mônica Maria Teixeira Amorim, Universidade Estadual de Montes Claros

Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Montes Claros. E-mail: monicamorimsa@gmail.com