Municípios e História da Educação

Main Article Content

Justino Magalhães

Resumo

A história da educação tem-se aberto a novas temáticas, a domínios científicos em construção, a perspetivas inter e transdisciplinares, pela via da educação (como campo de representação, investigação e acção, vasto e polissémico) e pela epistemologia. A história dos municípios na educação vem constituindo uma área historiográfica onde cruzam distintos tempos e distintos quadros de acção ordenados pela centralidade do local e normalizados pela institucionalidade política, administrativa, educativa. Há uma institucionalidade municipal. A soberania do município associada à perspectiva desenvolvimentista, conciliando identidade e mobilização sociocultural, encontrou na educação uma base sociocultural de costumes, valores e práticas, e na escola um meio de integração e normalização, que configuram a autarcia local como município pedagógico. Neste texto, após uma sistematização de algumas linhas historiográficas, faço referência breve à História dos Municípios na Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Magalhães, J. (2019). Municípios e História da Educação. Cadernos De História Da Educação, 18(1), 9-20. https://doi.org/10.14393/che-v18n1-2019-2
Seção
Dossiê: Educação em Perspectiva Local/Municipal
Biografia do Autor

Justino Magalhães, Universidade de Lisboa (Portugal)

Doutor em Educação pela Universidade do Minho (Portugal), com pós-doutoramentos realizados no Service Histoire Éducation de l'Institut National de Recherche Pédagogique, na França, na University of Cambridge, no Reino Unido e na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, na França. Professor Catedrático de História da Educação no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. E-mail: justinomagalhaes@ie.ulisboa.pt. ORCID: http://lattes.cnpq.br/8663317745937201. LATTES: https://orcid.org/0000-0001-9464-6782.

Referências

ADÃO, Áurea; MAGALHÃES, Justino (orgs.) (2013). História dos Municípios na Educação e na Cultura: Incertezas de Ontem, Desafios de Hoje.Lisboa: Instituto de Educação, Universidade de Lisboa. ebook http://www.ie.ulisboa.pt/portal/page?_pageid=406,1805117&_dad=portal&_schema=PORTAL

ADÃO, Áurea;MAGALHÃES,Justino (orgs.) (2014).Os Municípios na Modernização Educativa. Lisboa: Universidade de Lisboa/ Instituto de Educação. ebook http://www.ie.ulisboa.pt/portal/page?_pageid=406,1877095&_dad=portal&_schema=PORTAL

ADÃO, Áurea (2015a). “As Câmaras Municipais no acesso das populações à frequência dos liceus: os casos de Braga e do Funchal (1880)”. Revista de Administração Local, n.º 267, Julho-Setembro 2015, Ano 38(357-363).

ADÃO, Áurea (2015b). “As Câmaras Municipais no acesso das populações à frequência dos liceus: o caso do Distrito de Faro (1882)”. Revista de Administração Local, n.º 268, Outubro-Dezembro 2015, Ano 38(505-516).

GONÇALVES NETO, Wenceslau; MAGALHÃES, Justino (2009). “O local na história da educação; o município pedagógico em Portugal e Brasil”. In Marta Maria de Araújo (Org.). História(s) Comparada(s) da Educação. Brasília: Liber Livro/ UFRN, pp. 161-198.

MAGALHÃES, Justino (2006). “O local e a educação: para a história do município pedagógico”. Revista de Administração Local, nº 215, Setembro-Outubro 2006, Ano 29(607-614).

MAGALHÃES, Justino (2013).“O Município Liberal e a Decisão Política”. Revista HISTEDBR on-line, Campinas, n.º 54 (5-14).

MAGALHÃES, Justino (2013). “História dos Municípios portugueses na educação e na cultura”. Revista de Administração Local, n.º 254, Março-Abril 2013(163-174).

MAGALHÃES, Justino (2014). “Como um texto – configurações da escrita do Município colonial”. História: Questões & Debates, n.º 60, janeiro/junho 2014. Curitiba: Editora UFPR(65-83). http://dx.doi.org/10.5380/his.v60i1.

MAGALHÃES, Justino (2014). Do Portugal das Luzes ao Portugal Democrático. Atlas-Repertório dos Municípios na Educação.Lisboa: Universidade de Lisboa/ Instituto de Educação. ebookhttp://hdl.handle.net/10451/18286.

MAGALHÃES, Justino (2014). “O Município pedagógico e a escrita do local. Centenário da Reforma Republicana da Administração Local”. Interacções, vol. 10, n.º 28 (4-20). Acessível em: http://www.eses.pt/interaccoes.

MAGALHÃES, Justino (2015). “Municipalização do ensino em Portugal. As lições da história”. In Joaquim Machado & José Matias Alves (Org.). Professores, Escola e Município – Formar, Conhecer e Desenvolver. Porto: Universidade Católica Editora, pp. 127-141.ebookhttp://www.uceditora.ucp.pt/site/custom/template/ucptpl_uce.asp?SSPAGEID=3005&lang=1&artigoID=1557

MAGALHÃES, Justino (2016a). “Os Municípios de Vila Nova de Famalicão e de Ovar e o Ensino Profissional”. Revista de Administração Local, n.º 269, Janeiro-Março 2016, Ano 39 (pp. 53-59).

MAGALHÃES, Justino (2016b). “Municipalismo e Educação em Portugal”. Revista de Administração Local, n.º 270, Abril-Junho 2016, Ano 39(179-185).

MAGALHÃES, Justino (2017). “Municipalities and Educational Modernization. A historical and geographical Atlas of Municipalities and Education in Portugal”. Paedagogica Historica, Vol. 53 (5),(578-601). http://dx.doi.org/10.1080/00309230.2017.1297470.