Educação, gênero e higienismo nos anúncios publicitários da Paraíba durante a Primeira República

Main Article Content

Larissa Meira de Vasconcelos
Lia Machado Fiuza Fialho
Charliton José dos Santos Machado

Resumo

Este artigo almeja compreender como os anúncios publicados no jornal A União, periódico oficial do estado da Paraíba, reforçaram padrões comportamentais, trouxeram à tona as relações de poder, bem como as tensões entre os gêneros. Partimos da perspectiva de que a narrativa histórica é uma construção erigida por camadas sobrepostas de interpretações sobre o passado, sobre a qual daremos a nossa contribuição a partir de um ângulo ainda pouco explorado na História da Educação, qual seja a dos anúncios como uma das múltiplas instâncias educativas que contribuíram para construção de subjetividades. Assim, apresentamos as imagens recorrentes sobre os gêneros presente nos anúncios: 1) a mulher como "pedagoga do lar", guardiã de uma nação saneada; 2) a "melindrosa"; 3) o "almofadinha". Conclui-se que ao mesmo tempo em que a produção publicitária almejava influenciar e aumentar o consumo, também transformava hábitos e educava, promovendo tensões em torno das construções dos gêneros.

Education, gender and hygiene in Paraiba's commercials during the First Republic

Abstract This article seeks to understand how the advertisings published in the journal A União, Paraiba's State official newspaper, reinforced behavior standards, put the light on the power relationships, and tensions between genders as well. From the perspective that the historical story is a building made of superposing coats of interpretation about the past, about what we would give our contribution to from an angle not explored yet in the history of education, whatever the publicity as one of the multiple educational instances that contributed in building subjectivities. Thus, we show the recurrent pictures about genders found in the advertisings: 1) the woman as "home educator", guardian of an healthy nation, 2) the touchy, 3) the dandy. Concluding that at the same time as the advertising industry wanted to influence and increase consumption, it transformed habits and educated too, promoting tensions around genders constructions. Keywords: Gender. Hygienism. Education. Advertising.

Educación, género y higienismo en los anuncios publicitarios de Paraíba durante la Primera República

Resumen Este texto intenta comprender cómo los anuncios publicados en A União, periódico oficial del Estado de Paraíba, reforzaron patrones de comportamiento y pusieron de relieve las relaciones de poder y las tensiones entre los géneros. Se parte desde la perspectiva de que la narrativa histórica es una construcción cimentada por capas sobrepuestas de interpretaciones del pasado. Se dará enfoque a esa perspectiva a partir de una mirada aún poco explorada en la Historia de la Educación: la de los anuncios como una de las múltiples instancias educativas que contribuyeron para la construcción de subjetividades. Se presentan imágenes recurrentes sobre los géneros presentes en los anuncios: 1) la mujer como "pedagoga del hogar", guardiana de una nación saneada; 2) la "melindrosa"; 3) el "petimetre". Se concluye que la producción publicitaria, a la vez que buscaba influenciar y aumentar el consumo, también transformaba hábitos y educaba, desarrollando tensiones sobre las construcciones de los géneros. Palabras clave: Género. Higienismo. Educación. Anuncios publicitarios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Vasconcelos, L. M. de, Fialho, L. M. F., & Machado, C. J. dos S. (2017). Educação, gênero e higienismo nos anúncios publicitários da Paraíba durante a Primeira República. Cadernos De História Da Educação, 16(2), 451-473. Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/39598
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Larissa Meira de Vasconcelos, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba. Mestre em História da Educação pela Universidade Federal da Paraíba. E-mail: meiravasconcelos@gmail.com

Lia Machado Fiuza Fialho, Universidade Estadual do Ceará

Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará. Professora do Centro de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará. E-mail: lia_fialho@yahoo.com.br

Charliton José dos Santos Machado, Universidade Federal da Paraíba

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professor do Departamento de Fundamentos da Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação e Sociologia da Universidade Federal da Paraíba. E-mail: charlitonlara@yahoo.com.br