A afirmação da inspeção escolar no quadro da Reforma de António Rodrigues Sampaio

Main Article Content

Carlos Manique da Silva

Resumo

O objetivo do artigo é o de perceber de que forma, no decurso da segunda metade do século XIX, o aparelho estatal se aperfeiçoa no sentido de dotar as escolas de instrumentos pedagógicos comuns. Para o efeito, analisa-se a intervenção do primeiro serviço permanente de inspeção escolar criado em Portugal, no quadro da Reforma da instrução primária de António Rodrigues Sampaio (Lei de 2/5/1878), de matriz descentralizadora. O pressuposto de partida é o de que os serviços de inspeção se inscrevem numa lógica de controlo do Estado sobre os professores, associada à tentativa de criar uma estandardização pedagógica. Não obstante o reforço da inspeção no controlo externo da citada Reforma, a verdade é que a paisagem pedagógica permanece largamente inalterada; uma situação que só se modificará com a progressiva integração no sistema de professores formados nas escolas normais.

The settlement of the school inspection within the António Rodrigues Sampaio's Reform

Abstract This article aims to understand how the state apparatus improves itself in the second half of the nineteenth century in order to provide schools with common pedagogical tools. For this purpose is analyzed the intervention of the first permanent school inspection service created in Portugal according to the reform of the primary education of Antonio Rodrigues Sampaio (Law of 2/5/1878), with a decentralization matrix. The starting point for the creation of inspection services is inserted in a logic for teachers' surveillance on behalf of the State, related to an attempt to create a pedagogical standardization. Despite the strengthening of the school inspection service in the external control of the Reform, the pedagogical frame remains widely unchanged; the turning point in the system will come with the progressive integration of teachers trained in normal schools. Keywords: School inspection; António Rodrigo Sampaio's Reform; Decentralization of teaching.

La afirmación de la inspección escolar en el ámbito de la Reforma de António Rodrigues Sampaio

Resumen El objetivo del artículo es comprender de qué manera, en el transcurso de la segunda mitad del siglo XIX, el aparato estatal se ha perfeccionado para dotar a las escuelas de instrumentos pedagógicos comunes. Para eso, se ha analizado la intervención del primer servicio permanente de inspección escolar creado en Portugal, en el ámbito de la Reforma de la Instrucción Primaria de Antonio Rodrigues Sampaio (ley de 2/5/1878), de matriz descentralizadora. La premisa inicial es que los servicios de inspección se inscriben en una lógica de control del Estado sobre los profesores, asociada a la tentativa de crear una estandarización pedagógica. No obstante el refuerzo de la inspección en el control externo de la mencionada Reforma, la verdad es que el paisaje pedagógico permanece grandemente inalterado; una situación que solamente se va a modificar con la progresiva integración en el sistema de profesores formados en las escuelas normales. Palabras clave: Inspección escolar; Reforma de Antonio Rodrigues Sampaio; Descentralización de la enseñanza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
da Silva, C. M. (2017). A afirmação da inspeção escolar no quadro da Reforma de António Rodrigues Sampaio. Cadernos De História Da Educação, 16(2), 374-386. Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/39593
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Carlos Manique da Silva, Universidade de Lisboa

Doutorado em Ciências da Educação, especialização em História da Educação, na Universidade de Lisboa, Portugal. Investigador da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação (Instituto de Educação, Universidade de Lisboa). E-mail: manique@net.sapo.pt