A escrita da História da Educação: distâncias e proximidades na apropriação de fontes e métodos no caso das produções de Portugal, França, Espanha e Brasil

Main Article Content

Denice Barbara Catani

Resumo

O trabalho aqui apresentado retoma alguns dos resultados da investigação realizada sobre a produção de conhecimentos na área dos estudos educacionais e, em especial, sobre a produção dos estudos da história da educação no Brasil. Para tanto recorre à pesquisa dos processos que permitiram a construção e renovação de matrizes interpretativas a partir do exame da produção da área em países que sabidamente estabeleceram, nas últimas décadas, importantes relações acadêmicas com o nosso país, isto é França, Espanha e Portugal. Indicam-se, assim, as relações entre as transformações da escrita histórico educacional no Brasil e nos países citados atentando especialmente para as apropriações decorrentes de intercâmbios, deslocamentos e viagens dos conhecimentos em perspectiva comparada.
Palavras-chave: Produção histórico-educacional, Estudos sócio-histórico-comparados, Escrita da história da educação.

Writing history of education: distances and proximities on the appropriation of sources and methods in Portugal, France, Spain and Brazil.

Abstract

This text presents some of the research results about the production of knowledge in educational studies, mostly brazilian history of education. We analyzed the processes that allowed the construction and renewal of interpretative matrices in the countries that have established important academic relations with Brazil in the last decades: France, Spain and Portugal. We present the links between the changes in history of education writings in Brazil and in those countries, highligthing the appropriations that resulted from interchanges, displacements and travelling of the knowledge in a comparative perspective.

Key words: education history production, socio-historic comparative studies, writing history of education.

La escritura de la historia de la educación: distancias y proximidades en la apropiación de fuentes y métodos em los casos de producciones de Portugal, Francia, España y Brasil.

Resumen

Este trabajo presenta algunos de los resultados de una investigación sobre la producción de conocimiento en el área de los estudios educacionales y, especialmente, sobre la producción de los estudios en historia de la educación en Brasil. Para eso, recurre a la investigación de los procesos que permitieron la construcción y renovación de matrices interpretativas en países que establecieron importantes relaciones académicas con nuestro país em las últimas décadas, a saber Fracia, España y Portugal. Son presentadas asi las relaciones entre los cambios de la escritura histórica educacional en Brasil y en los citados países, com especial atención para las apropiaciones que son resultado de intercambios, desplazamientos y viajes de los conocimientos em perspectiva comparada.

Palabras-clave: Producción historico-educacional, Estudios socio-históricos-comparados, Escritura de la Historia de la Educación.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Catani, D. B. (2017). A escrita da História da Educação: distâncias e proximidades na apropriação de fontes e métodos no caso das produções de Portugal, França, Espanha e Brasil. Cadernos De História Da Educação, 16(1), 006 - 017. Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/38457
Seção
Dossiê: Produção de conhecimentos, difusão e ensino na (e da) História da Educação
Biografia do Autor

Denice Barbara Catani, Universidade de São Paulo

Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (Feusp). Professora Titular Aposentada da Feusp. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq (Nível 1B). E-mail: dbcat@usp.br