Chartularium Portugalensis: reflexões sobre a universidade medieval no Século XIV e a a política

Terezinha Oliveira

Resumo


Nosso propósito é examinar as relações entre a Universidade de Portugal, representada pelos seus mestres e alunos, e as autoridades reais no século XIV. O intuito é explicitar que, no reino português, esta instituição, ainda que fundada quase um século após as universidades de Paris, Bolonha e Oxford, obteve os mesmos privilégios que estas, pois tinha a mesma finalidade: promover o desenvolvimento do conhecimento e da ‘civilidade’ em Portugal. Para realizarmos esta análise utilizaremos quatro Cartas contidas na Chartularium Portugalensi, duas do rei D. Afonso IV (1291-1357) e duas de seu filho, o rei D. Pedro I (1320-1367). Nossas reflexões serão construídas considerando a história social e o conceito de memória como fundamentum para o estudo das cartas e da historiografia. 


Palavras-chave


Universidade Medieval Portuguesa; História da Educação; Política;

Texto completo:

PDF


DOI (PDF): http://dx.doi.org/10.14393/che-v16n2-2017-15

CREATIVE COMMONS

CC BY-NC-ND 4.0

 

PUBLICAÇÃO

EDUFU - Editora da Universidade Federal de Uberlândia

 

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasil, Cibec/Inep/MEC)

CITEFACTOR – Directory Indexing of International Research Journals (Canada/United States of America)

DIALNET - Fundación Dialnet - Universidad de La Rioja (España)

DOAJ - Directory of Open Access Journals - Lund University (Sweden)

Portal de Periódicos da CAPES/MEC (Brasil)

RCAAP - Repertório Científico de Acesso Aberto de Portugal

LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, Espanã y Portugal

SRB - Sumário de Revistas Brasileiras

 

PRESERVAÇÃO

RC - Rede Cariniana (Ibict/MCT)

KR - Keepers Registry (Universidade de Edimburgo, Escócia, Reino Unido; International Standard Serial - ISSN, Paris, França)

PKP - Public Knowledge Projetc (Open Archives Harvester)