Instrução pública em Minas Gerais: o inspetor escolar como agente do projeto racionalizador mineiro (1927-1938)

Main Article Content

Rosa Maria de Sousa Martins
Carlos Henrique de Carvalho

Resumo

Este artigo tem por finalidade apresentar as estratégias mobilizadas pelos reformadores mineiros para operacionalizar mudanças pedagógicas, no âmbito do projeto racionalizador mineiro, no movimento de organização da instrução pública, entre 1927 e 1938, por meio da análise de legislações educacionais, mensagens presidenciais, textos publicados na Revista do Ensino, atas de reuniões de professores, relatórios dos inspetores. Para compreendermos como o inspetor escolar se transformou em um agente da proposta de racionalizar e desenvolver o estado, a partir do processo de organização da instrução pública, fizemos um mapeamento das principais reformas educacionais, ocorridas nesse período, buscando destacar as mudanças administrativas e pedagógicas, bem como a reorganização do serviço de inspeção técnica do ensino e a redefinição das atribuições do inspetor escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Martins, R. M. de S., & Carvalho, C. H. de. (2016). Instrução pública em Minas Gerais: o inspetor escolar como agente do projeto racionalizador mineiro (1927-1938). Cadernos De História Da Educação, 14(3). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/33146
Seção
Artigos