Liberalismo e Educação no início do Século XX

Main Article Content

Maria Isabel Moura Nascimento
Claudia Maria Petchak Zanlorenzi

Resumo

Com a alteração no modo de produção e na forma de governo após a Proclamação da República, o terreno para a consolidação do liberalismo tornou-se fértil. Embora as ideias liberais estivessem já presentes na retórica de dissidentes no período imperial, o liberalismo não fazia sentido até então, por ser uma sociedade escravista e com uma indústria primária. Para a garantia da manutenção desse ideário, era mister a expansão de valores, ideias e opiniões, bem como a disseminação da uniformização e da padronização destes com vistas à manutenção da ordem, obtido por dois instrumentos: a imprensa e a educação. Para a garantia mais efetiva e expressiva do consenso e sua legitimação, foram criados, num estreito vínculo entre ideologia, educação e imprensa, os periódicos educacionais. O presente artigo, parte de um trabalho de doutorado, tem por objetivo analisar a disseminação do liberalismo via educação nos excertos da Revista "A Escola", o Grêmio dos Professores Públicos do Estado, 1906-1910.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Nascimento, M. I. M., & Zanlorenzi, C. M. P. (2016). Liberalismo e Educação no início do Século XX. Cadernos De História Da Educação, 14(3). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/33145
Seção
Artigos