Nacional e Continental - Brasil e Américas na perspectiva de Primitivo Moacyr

Main Article Content

Guaraci Fernandes M. de Melo
Rosana Areal de Carvalho

Resumo

Este artigo analisa aspectos da historiografia da educação e argumentos que sustentam os diagnósticos empreendidos e modelos propostos a partir da remissão às experiências provinciais entre o mundo latino-americano e as Províncias do Rio de Janeiro e Minas Gerais, com base na produção de Primitivo Moacyr. Desde a Independência, a situação do Brasil no contexto da América Latina destoou-se pela instalação de um regime monárquico em oposição às repúblicas que surgiram na América Espanhola. Muitas vozes se fizeram presentes no sentido de inscrever o Brasil entre as nações predestinadas à república. Moacyr revela o cenário de penúria da instrução pública nas províncias brasileiras, apesar do volume de recursos destinados; as tensões acerca dos métodos de ensino e criação de escolas normais e absoluto silêncio acerca das realidades dos países vizinhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Melo, G. F. M. de, & Carvalho, R. A. de. (2016). Nacional e Continental - Brasil e Américas na perspectiva de Primitivo Moacyr. Cadernos De História Da Educação, 14(3). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/33135
Seção
DOSSI