EDUCAÇÃO, CIVILIZAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO CAPITALISTA NO INTERIOR PAULISTA

Main Article Content

Marcelo Augusto Totti

Resumo

O final do séc. XIX e o primeiro quartel do séc. XX foram de intensas e significativas mudanças na sociedade brasileira e no interior paulista. A introdução do trabalho imigrante e a expansão dos meios de comunicação através das estradas de ferro intensificou o povoamento e deu relevância a regiões até então desconhecidas. Uma das localidades destacadas pelo geógrafo francês Pierre Monbeig foi da Cuesta de Botucatu, onde se localiza a cidade de São Manuel. Este artigo busca discutir, à luz das reflexões do sociólogo Florestan Fernandes, até que ponto todo esse movimento de transformação diagnosticado por Monbeig foi, ou não, suficiente para modificar as relações sociais, culturais e educacionais. Os resultados das análises das fontes referentes à história da educação de São Manuel (1904 a 1936), demonstram que o progresso da educação de São Manuel ainda estava distante dos ideais de racionalidade e cientificidade propugnado pela sociedade da época.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Totti, M. A. (2015). EDUCAÇÃO, CIVILIZAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO CAPITALISTA NO INTERIOR PAULISTA. Cadernos De História Da Educação, 14(2). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/32552
Seção
Dossiê: História da Educação e História Regional Paulista