EDUCAÇÃO ESPECIAL NO BRASIL: DESENVOLVIMENTO HISTÓRICO

Arlete Aparecida Bertoldo Miranda

Resumo


Focalizando as relações entre os deficientes e a educação brasileira, este artigo tem como objetivo resgatar o histórico da Educação Especial no Brasil, desde a implementação de políticas educacionais de caráter assistencial/filantrópico até o momento atual da inclusão. Evidenciamos que a implementação das políticas pertinentes a Educação Especial encontra-se articulada aos ideários, concepções e necessidades históricas específicas da sociedade em determinado período. As iniciativas nacionais de implementação das políticas para a Educação Especial até a década de 1980 delinearam-se em um cenário marcado pela desarticulação de medidas, o que dificultou a escolarização dos deficientes. Em meados da década de 1990, no Brasil, começam as discussões em torno do novo modelo de atendimento escolar denominado inclusão escolar. A efetivação desse novo paradigma tem gerado muitas controvérsias e discussões.

Texto completo:

PDF


PUBLICAÇÃO

EDUFU - Editora da Universidade Federal de Uberlândia

 

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasil, Cibec/Inep/MEC)

CITEFACTOR – Directory Indexing of International Research Journals (Canada/United States of America)

DIALNET - Fundación Dialnet - Universidad de La Rioja (España)

DOAJ - Directory of Open Access Journals - Lund University (Sweden)

RCAAP - Repertório Científico de Acesso Aberto de Portugal

LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, Espanã y Portugal

SRB - Sumário de Revistas Brasileiras

 

PRESERVAÇÃO

RC - Rede Cariniana (Ibict/MCT)

KR - Keepers Registry (Universidade de Edimburgo, Escócia, Reino Unido; International Standard Serial - ISSN, Paris, França)

PKP - Public Knowledge Projetc (Open Archives Harvester)