A áurea revolucionária no discurso anarquista brasileiro (1917-1922)

  • Cláudia Tolentino Gonçalves Felipe Universidade Estadual de Campinas

Resumo

Pretende-se avaliar de que maneira as experiências da Primeira Guerra Mundial e da Revolução Russa foram utilizadas como argumento legitimador para a incitação de ações revolucionárias de caráter anarquista no Brasil. Para tanto, analizamos o discurso politico de alguns militantes associados à publicação do jornal paulista A Plebe entre os anos 1917 a 1922.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Tolentino Gonçalves Felipe, Universidade Estadual de Campinas
Doutoranda em História pelo Programa de Pós-graduação em História da Universidade Estadual de Campinas.
Publicado
2018-09-29
Seção
Artigo Livre