Augusto e o mos maiorum no Carmen Saeculare de Horácio

  • Luis Marcelo Martino Investigador do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), Argentina.

Resumo

O Carmen Saeculare, composto por Horácio para a celebração dos ludi saeculares de 17 a. C., é um hino religioso e, também, uma poderosa ode cívica. O propósito de nosso trabalho é determinar a inserção do discurso moral tradicional (mos maiorum) e a representação de Augusto no Carmen. Através da análise, por um lado, das súplicas religiosas e bens requeridos aos deuses, e, de outro, do recurso à inclusão de divindades personificadas, constatamos, a modo de conclusão, que a figura do princeps emerge investida das virtudes tradicionais, presentes em seu programa político-ideológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-09-12
Seção
Dossiê: A instituição retórica e a sua longa duração