Ensino de Áfricas e relações raciais: o curso de formação de professores realizado pelo NEAB-UDESC (Santa Catarina, 2014)

  • Karla Leandro Rascke
  • Paulino de Jesus Francisco Cardoso
  • Graziela dos Santos Lima
  • Ana Júlia Pacheco
Palavras-chave: História, Ensino e formação, Capacitação, Educação das relações étnico-raciais.

Resumo

O presente artigo visa discutir e avaliar o curso de formação de professores (as) realizado pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade do Estado de Santa Catarina (NEAB-UDESC), em 2014, a partir do Programa do Governo Federal UNIAFRO-IV (Brasil) voltado para a discussão sobre relações étnico-raciais, história da Ãfrica e da diáspora africana. Objetivamos realizar uma análise acerca do curso, seus objetivos e metodologia, bem como discutir os resultados alcançados com as discussões propostas nos fóruns de debate de cada módulo e das atividades finais do curso. Concluímos que a formação possui resultado exitoso, atingindo importante número de professores (as) de todas as áreas do conhecimento nas mais variadas regiões do estado de Santa Catarina, ampliando as possibilidades de abordagem acerca de conteúdos sobre educação das relações étnico-raciais, história da Ãfrica e da diáspora africana no Brasil, em especial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karla Leandro Rascke
Doutoranda em História Social pela PUC-SP. Professora Tutora do CEAD-UDESC. Pesquisadora Associada NEAB-UDESC e CECAFRO-PUC/SP. E-mail: karlaleandro@gmail.com
Paulino de Jesus Francisco Cardoso
Doutor em História Social pela PUC-SP. Coordenador do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade do Estado de Santa Catarina. E-mail: paulino.cardoso@gmail.com
Graziela dos Santos Lima
Graduada em Biblioteconomia pela UDESC. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação (PPGInfo) da UDESC. E-mail: graziela.dsl@gmail.com
Ana Júlia Pacheco
Graduada em História pela UDESC. Mestranda em História pela UFRGS. E-mail: anajulia.hp@gmail.com
Publicado
2016-12-15
Seção
Dossiê