Avanços e desafios no ensino de história africana, afro-brasileira e indígena: dispositivos legais, livros didáticos e formação docente

  • Luisa Tombini Wittmann
  • Carol Carvalho
  • Gabrielli Debortoli
  • Kerollainy Rosa Schütz
Palavras-chave: Lei 10.639/03, Lei 11.645/08, Ensino de História, Formação de professores, Livros didáticos.

Resumo

Este artigo apresenta os dispositivos legais que instituem e regulam o ensino de história e cultura africana, afro-brasileira e indígena e aponta entraves e possibilidades para sua implementação. Analisa-se, nesse sentido, livros didáticos de história, destacando a importância de se compreender as populações de origem africana e indígenas como agentes da história do Brasil. Serão também apresentadas experiências pedagógicas de dois cursos de formação continuada de professores - Introdução aos Estudos Africanos e da Diáspora e História dos índios no Brasil - desenvolvidos no Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (NEAB) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luisa Tombini Wittmann
Doutora em História pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professora do curso de História e pós-graduação em História da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), onde coordena projetos de extensão e de pesquisa na área de História Indígena. E-mail: luwittmann@gmail.com
Carol Carvalho
Graduanda em História na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). E-mail: carolimac18@gmail.com
Gabrielli Debortoli
Mestranda em História na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). E-mail: gddebortoli@gmail.com
Kerollainy Rosa Schütz
Bacharel e licenciada em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). E-mail: hstkeroll@gmail.com
Publicado
2016-12-15
Seção
Dossiê