Do Angola ao Djumbay: imprensa negra recifense

  • Martha Rosa Figueira Queiroz UFRPE
Palavras-chave: imprensa negra, Movimento Negro, Recife.

Resumo

Concebida como prática discursiva, o presente artigo visa registrar os caminhos trilhados pela imprensa negra recifense da década de 1980 a 2007. A intenção é olhar esses periódicos como um caleidoscópio que nos auxilie no exercício de registrar a atuação do Movimento Negro na cidade do Recife no citado período, buscando perceber as estratégias empreendidas pela comunidade negra no enfrentamento ao racismo. Foram abordados os jornais: Angola, do Centro de Cultura Afro-Brasileira; Negritude, do Movimento Negro Unificado/MNU-PE; Omnira, do Grupo de Mulheres do MNU-PE; Negração, do Afoxé Alafin Oyó e Djumbay, da Djumbay. Palavras-chave: imprensa negra, Movimento Negro, Recife.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-03-08
Seção
Dossiê: Cultura e Política no Brasil República: entre práticas e representações