Os Annales e a História ambiental: das ruas de Paris a História Nova

  • Eduardo Giavara Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: História Nova, História Ambiental, Possibiilismo, Meio Ambiente, Annales

Resumo

É notória nas pesquisas históricas a ascensão da História Ambiental, cujas origens estão fundadas na crise ambiental, que se instala na década de 1970. Mais recentemente o escopo dessa área do conhecimento tem se alastrado para várias outras, contudo os problemas estão muito mais complexos e especialistas, intelectuais, políticos e pessoas comuns tem se debruçado na busca de soluções. Também é inegável que as reflexões e pesquisas que a História Ambiental tem feito são de uma conotação moral diante da crise. A história ambiental ou a história do homem e sua relação com o meio sempre esteve presente na escrita da história. Esse artigo visa fazer uma análise dos Annales, enfocando sua inserção no debate histórico e como a escola articulou os temas história e natureza. Criticada por alguns e elogiada por outros a Revista marcou época e proporcionou a inserção da escola francesa no debate contemporâneo da crise ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Giavara, Universidade Federal de Uberlândia
Possui graduação em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997), mestrado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e doutorado em Historia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2008). Atualmente é professor universitário da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Piraju e professor titular - Faculdades Integradas de Ourinhos. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil República, atuando principalmente nos seguintes temas: história da energia elétrica, história da ciência e tecnologias e questões ambientais.
Publicado
2012-06-30
Seção
Artigos